Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Inovação ajuda desenvolvimento dos pequenos negócios

Edição: 01/2014

O crescimento do empreendedorismo no Brasil e a inovação nos pequenos negócios foram os temas abordados pelo presidente do Sebrae, Luiz Barretto, durante apresentação realizada na Maratona PME Valor 2013, em São Paulo. “A inovação é a nova agenda do século 21. É uma meta do Sebrae, que investe hoje 20% do seu orçamento nesse setor”, destacou. Segundo Barretto, 40 milhões de consumidores foram incorporados à classe média nos últimos anos, somando mais de 100 milhões de pessoas.





A inovação pode proporcionar às empresas ganhos de qualidade em produtos, serviços e sistema de gestão, otimizar e inovar o processo produtivo, eliminar desperdícios e reduzir custos, com a automação e adoção de práticas sustentáveis. “Quem inova ganha competitividade, produtividade, sustentabilidade e valor agregado”, afirmou o presidente do Sebrae. Para ele, em muitos casos é necessário sensibilizar os empresários para a questão da inovação, dando acesso a serviços tecnológicos, prospecção de práticas vanguardistas e aproximar universidades do mercado.

O Sebrae possui diversos programas voltados para a implementação de práticas inovadoras, como o Sebraetec, Agentes Locais de Inovação (ALI), Incubadoras, Centro Sebrae de Sustentabilidade, além de parcerias estratégicas. Luiz Barretto ressaltou que, em 2010, o Sebrae contabilizou 40.140 atendimentos com soluções de inovação, número que subiu para 145 mil em 2013. “De 2014 a 2017, a instituição investirá R$ 1 bilhão em projetos e programas de inovação”, complementou. Ele lembrou que o Sebrae subsidia de 80% a 90% do valor dos programas oferecidos aos empresários.

O presidente do Sebrae apresentou três exemplos de pequenas empresas que adotaram soluções de inovação com apoio do Sebrae. A Protec Comércio e Serviços, de Recife (Pernambuco), mudou os processos de gestão com a ajuda dos Agentes Locais de Inovação. O empreendimento, que fornece peças para manutenção industrial, aumentou seu faturamento em 25% e ampliou em 30% o volume de empregos. A Protec ainda venceu o Prêmio Nacional de Inovação, na categoria Programa ALI de gestão de Inovação.

Outro case apresentado foi o da fábrica de móveis Ômega Design, de São José dos Pinhais (Paraná), que transformou o layout e design da marca com ajuda do Sebraetec. O resultado foi um aumento de 40% no faturamento. Já a indústria alimentícia Sierra Cogumelos, de Biritiba Mirim (São Paulo), também promoveu mudanças com o auxílio do programa. As embalagens dos produtos foram modernizadas, o que proporcionou um crescimento de 30% no faturamento.

Fonte
Pequenas Empresas & Grandes Negócios

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
Muito boa, mostra exemplos de que com apoio e orientação as micro e pequenas empresas podem contribuir para o desenvolvimento do Brasil. Pois o desempenho destas afeta direta e indiretamente nossas vidas, e quanto melhor for, melhor também será a qualidade de vida de toda a sociedade. A inovação e a competência de fazer diferente, estimular as pessoas a inovar e reencontrar a simplicidade em um ambiente cada vez mais complexo.
-
Olá, boa tarde!

Obrigada por comentar. Você sabe qual é o seu perfil empreendedor? Faça o teste agora mesmo e descubra, acesse: www.perfildoempreendedor.com.br

Boletins especiais