Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Concessão de alvará para pequenos negócios ficará mais fácil em 2014

Edição: 02/2014

Entre as mudanças estão a isenção da taxa de vigilância, a disponibilização de orientações e capacitações para empreendedores e fiscais das vigilâncias sanitárias e a transparência nos procedimentos de regularização.

As alterações estão previstas na Resolução nº 49 de 2013, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que entrará em vigor em abril de 2014.



"A fiscalização da vigilância sanitária terá natureza prioritariamente orientadora e facilitará que esses empreendedores entrem no mercado formal com produtos e serviços que não ofereçam risco à saúde das pessoas" afirmou Helena Rego, analista de políticas públicas do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas).

Representantes da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Sebrae, Anvisa e FNP (Frente Nacional dos Prefeitos) reuniram-se na última terça-feira (26), em Brasília (DF), para discutir as diretrizes que serão adotadas para viabilizar a uniformização de procedimentos, após a vigência da resolução.
De acordo com Rego, a resolução vai agilizar e uniformizar o processo de funcionamento do MEI.
Durante a reunião, a analista disse, ainda, que desde que foi criada a figura do MEI, em 2008, mais de 3,5 milhões de pessoas saíram da informalidade.

"Essas formalizações representam, tanto para os empreendedores quanto para os municípios, geração de renda e emprego, inclusão social e desenvolvimento da economia local. Todos se beneficiam."

A assessora de Articulação e Relações Institucionais da Anvisa, Rose Mendes, também afirmou, no evento, que os órgãos envolvidos no tema estão trabalhando para subsidiar as vigilâncias sanitárias municipais a estarem aptas para adotar os novos procedimentos de concessão de alvará.
"Estamos todos empenhados em nos adequarmos às novas normas. Muitas vigilâncias sanitárias, como as de São Paulo e de Minas Gerais, já estão bem avançadas. Temos certeza de que esse é um importante passo para a erradicação da pobreza extrema no Brasil", declara.

Fonte
UOL Economia

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
´´E muito importante que os órgãos públicos entendam que nós microempreendedores estamos fazendo o impossível para nos mantermos no mercado, pois não temos recursos financeiros e sem a ajuda deles nunca chegaremos a ser uma micro empresa ou até mesmo uma empresa. a vigilância sanitária é um dos órgãos públicos que mais precisam enxergar isto, pois são muito rígidos e poderiam facilitar em coisas que não tem tanta importância e que atrasam e muito na liberação dos processos. Obrigado....
-
 Olá José Renato , bom dia!

Obrigada por comentar. O SEBRAE/PR terá satisfação em auxiliar com ideias para o seu negócio, para isso, agende um horário com um dos nossos consultores ligando pra 0800 570 0800. Tenha um atendimento gratuito e personalizado.

Aproveite para descobrir qual é o seu perfil empreendedor. Faça o teste agora mesmo e descubra, acesse: www.perfildoempreendedor.com.br

Conheça os novos vídeos da coleção SEBRAE Pocket, são mini aulas com dicas importantes para quem quer abrir ou já tem um empresa, acesse: bit.ly/135SnwK


Obrigada e boa sorte!

Boletins especiais