Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


O que incluir em seu orçamento para marketing digital

Edição: 05/2014

A cada ano, marketing digital deixa de ser apenas uma promessa e se consolida como uma forma concreta de se gerar resultados de negócio para as pequenas empresas. Não à toa muitas delas têm redirecionado parte dos seus gastos em canais mais tradicionais para o lado digital.

Para as empresas que ainda não possuem uma presença com resultados bem consolidados e planejam entrar melhor na área, há alguns itens que não podem ficar de fora na hora de estimar um orçamento.









Lembrete: marketing deve sempre gerar retorno e o marketing digital permite um nível bastante alto de mensuração para identificar o quanto isso tem de fato se convertido em resultados reais (vendas) para a empresa. Se todo esse orçamento não tiver um retorno justificável, é hora de olhar todos os itens um a um e identificar o que deve ser melhorado e o que pode ser cortado/substituído.

Equipe: há uma certa falácia no mercado de que fazer marketing digital é gratuito. É verdade que é possível ter sucesso sem grandes investimentos financeiros, mas para obter esse resultado é preciso suor e rigor com o trabalho no dia a dia, além de boas ideias bem executadas. Conduzir isso sempre exige tempo de pessoas qualificadas. Pense nessas pessoas (e em quanto elas custam) ao prever seus gastos na área. Para empresas que estão começando, minha recomendação é alocar no mínimo meio período de uma pessoa dentro do marketing para cuidar de coisas relacionadas ao digital.

Em alguns casos, há empresas que optam por não ter uma equipe internamente e sim contratar serviços de terceiros. Aí se enquadram agências e serviços de terceirização de conteúdo. Se esse for o caso da sua empresa, já conte com essa demanda no orçamento.

Ferramentas: boas ferramentas podem fazer muita diferença na efetividade e produtividade da área de marketing digital. Aqui é preciso escolher se sua empresa vai trabalhar com uma ferramenta mais horizontal (tudo em um), que cubra as diferentes vertentes do marketing digital, ou ferramentas verticais, que atendem a uma demanda específica. Ferramentas horizontais costumam ser mais fáceis de usar e a integração entre as coisas gera possibilidades interessantes. Já as verticais (email marketing, SEO, Landing Pages, etc.), permitem chegar a um nível mais avançado.

Consultoria: em alguns casos, principalmente quando os profissionais da empresa não são experientes em marketing digital, pode fazer uma grande diferença nos resultados contar com uma consultoria especializada. Alguns pacotes de horas para orientação já oferecem grande potencial de impacto nos resultados, já que as sugestões costumam vir de profissionais muito mais experientes.

Site: embora algumas empresas consigam fazer por conta própria a criação, manutenção e reformulação, a maioria não possui o conhecimento para criar e reformular sites in-house, por isso precisam contar com um serviço terceiro para fazer o trabalho. Há também cobranças por manutenção e hospedagem.

Verba para anúncios: uma verba alocada em anúncios pode funcionar muito bem como alavancador de resultados, principalmente enquanto as ações orgânicas - que tem impacto maior no longo prazo - ainda não engrenaram. Google Adwords, Facebook Ads e Linkedin Ads oferecem opções muito atrativas de anúncios para diversos tipos de negócio.

Preveja uma verba mínima para fazer experimentações interessantes e obter pelo menos algum resultado de curto prazo. A ideia é aprender o que funciona e ajustar a campanha para manter no ar apenas o que de fato traz retorno financeiro.

Eric Santos é especialista em marketing digital e CEO da Resultados Digitais


Fonte
Revista Exame

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
aprender
-
 Olá. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog

Boletins especiais