Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Não pergunte o que, pergunte por quê!

Edição: 05/2014

E elas, as crianças, em vez de aceitar as respostas dos pais, sem restrição, pergunte mais uma vez “mas por quê?…”

Um empreendedor inovador deve agir assim ao planejar seu empreendimento empresarial, tudo começa com um fabuloso “por quê?” Evolui para um monte de outros “por quês” incríveis, com uma saborosa dose de competência, liderança, inovação e atitude sempre acaba num negócio bem sucedido e inovador. Se você começou uma ideia de negócio assim desta forma com diversos “Por quês”, não tenha dúvida você vai causar algum diferencial e trará consigo boas chances de resolver os problemas certos obtendo resultados plausíveis.



Analisar o que está ocorrendo a sua volta, tanto no universo tecnológico quanto na informação e comunicação, tudo isso faz parte do cardápio do empreendedor criativo e inovador. Para uma empresa que se desafia na inovação, é fundamental ser claro sobre como o seu produto ou serviço precisa ser diferente dos demais produtos ou serviços dos concorrentes, isto já soa é até como jargão, mas é isso aí, não tem novidade, sua ideia precisa realmente se destacar com o algo a mais e se diferenciar das demais. Se o seu produto ou serviço não resolve um problema e não causa nenhuma animação nas pessoas que irão se beneficiar dele, é sinal que sua ideia não está indo a lugar nenhum além da sua própria cabeça.

Embora o processo pareça simples, na realidade não é não, resumindo seria, analise tendências e conexões do comportamento humano e avalie as diferentes culturas, essas são pistas para encontrar um problema existente ou até mesmo invisível, após isso busque expressar sua ideia, desenhe uma solução inovadora, crie um protótipo se isso for necessário, procure teste-lo rapidamente para se certificar e obtenha a resposta se é viável ou não, mas acima de tudo não faça nada sozinho, compartilhe, não acredite que guardar sua ideia numa caixa preta distante do alcance o fará um gênio da inovação, muito pelo contrário é necessário reconstruir cocriar e trabalhar em sinergia.

Mas olhe só eu não estou aqui falando se isso dá ou não dinheiro, potencialmente resolva primeiro o problema das pessoas que serão seus clientes, depois avalie como isso responderá a seu plano. Então por fim faça as contas, nenhum plano é completo sem uma análise financeira completa. Isto inclui uma projeção de receitas e custos convincente. Você deve ser capaz de detalhar o ponto de equilíbrio estimado e estabelecer seus lucros futuros. Se precisar de ajuda nessa parte, procure quem conhece do assunto.

O sucesso do seu negócio passa necessariamente por isso. O empreendedor inovador é responsável pela confiabilidade e credibilidade da entrega de valor aos seus clientes.

Faça como as crianças, mesmo recebendo um não, não desista, persista, a ousadia está compreendida no sentido de não aceitar as barreiras, soluções existem e dificuldades também. Viabilize sua ideia.

Por Cesar Giovani C. Gonçalves

Fonte
Blogs SEBRAE/PR

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais