Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


6 dicas para transformar um hobby em uma ideia de negócio

Edição: 07/2014

Você tem um negócio ou um hobby? Mas existe diferença? Sim, muita diferença. Na verdade, este pode ser um grande problema para o empreendedor: não enxergar que aquele produto ou serviço virou um negócio e não saber precificá-lo.

Isso é muito comum acontecer entre os artesãos, por exemplo. O comerciante tem uma aptidão e começa a produzir peças. Divulga o produto de forma informal aos conhecidos, cria uma rede de possíveis clientes e não consegue dar o próximo passo: fazer um plano de negócio estruturado e com visão de futuro. Concluindo: hobby você gasta dinheiro e negócio você ganha dinheiro. Ou seja, o negócio está focado na lucratividade que a atividade traz.





Na nossa cultura, de forma errônea, o trabalho é colocado como algo que produz sofrimento e luta. Portanto, se você faz algo com prazer, não deve ser renumerado, pois o trabalho não pode ser uma atividade prazerosa. É óbvio que este é um pensamento retrógrado. Podemos ser renumerados por fazer aquilo que temos prazer, inclusive essa é uma das principais regras para empreender: o segredo do sucesso está na paixão que colocamos no nosso negócio.

Um bom exemplo de pioneirismo e visão de oportunidade nesse segmento é o casal Juliano e Mônica Ipolito, que fundou a startup Elo 7, em 2008, em Campinas. A empresa mantém um canal online para compra e venda de artesanato. Na verdade, eles enxergaram que o setor trabalhava de forma desorganizada e viram a oportunidade de criar uma rede social organizada para o setor.

Até o início de 2011, o site de comércio eletrônico tinha como força de trabalho somente os dois sócios. Em três anos, Juliano e Mônica construíram uma comunidade virtual que oferece mais de 1,5 milhão de produtos feitos por cerca de 65 mil artesãos de todo o país.

A lição maior que fica é que você precisa entender se quer empreender ou somente ter uma ocupação de que goste. Caso opte por empreender naquilo que gosta, veja alguns valiosos conselhos:

1. É muito comum que o empreendedor comece de forma informal e possua uma outra atividade profissional. Para isso, você deve fazer um planejamento a médio e longo prazo visando equilibrar suas finanças para que um dia você consiga transformar o hobby em renda principal.

2. Defina objetivos claros para daqui a três, cinco e dez anos.

3. Trace estratégias para divulgação de seus produtos. Loja virtual, redes sociais, e-mail, feiras, entre outros.

4. Se o seu empreendimento demanda que você trabalhe de casa, é preciso muita disciplina para não desfocar do negócio no dia a dia.

5. Defina quais custos mensais são necessários para manter o seu negócio em pé.

6. Você se mantém atualizado? Leia, estude e faça cursos.

Camila Farani é CEO do Grupo Boxx, focado em alimentação, e co-fundadora do Mulheres Investidoras Anjo

Fonte
Revista Exame

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (8)

-
Muito obrigada pela dica,vou coloca-la em prática,amo o que faço.
-
 Olá. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog
-
foi muito bom ver isto e vou começar a pratica estas ideia gostei muito e vou correr atrás dos meus ideal
-
 Olá. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog
-
eu sou um exemplo disso pois trabalhei 20 anos de veterinário hoje sou fotografo profissional apaixonado pelo que faço estudo bastante para melhorar o meu trabalho faço sempre que posso cursos especializados. Estou muito contente pelo trabalho que realizamos.
-
Olá Carlos. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog

Descubra qual é o seu perfil empreendedor, acesse: www.perfildoempreendedor.com.br

Bao sorte!
-
Bom Dia! para hoje e para os próximos cem anos, quero fazer parte desse time. Nas horas vagas escrevo contos, poesias e histórias que os outros me contam, isto é meu hobby, mas quero ir além, quero alçar vôos, quero que outras pessoas recebam as mensagens, via (olhaine), ou seja colocá-las em autidors via (parcerias)em conjunto com propagandas comerciais (preciso de apoio logístico). Ivanira (Vavá) já sou avó.
-
Olá Ivanira, bom dia!

Obrigado por comentar. Parabéns pela iniciativa. 
Aproveite para testar o seu perfil empreendedor, acesse: www.perfildoempreendedor.com.br
-
O que uma pessoa com mais de 60 anos poderia começar um negócio sem precisar sair muito de casa?
-
Olá Osvaldo, boa tarde!

Obrigada por comentar. Conheça as melhores oportunidades de negócios para Curitiba e região metropolitana, acesse: www.negociosemcuritiba.com.br/

 
-
Muito boa matéria. Valeu!
-
Olá William, boa tarde!

Obrigada por comentar.

 
-
Muito boa essas dicas de empreendedorismo, nos coloca em foco do que realmente precisamos estar atentos.
-
Olá Francisca, boa tarde!

Obrigada por comentar. Envie a sua duvida diretamente a um consultor SEBRAE através do Sebrae Responde app.pr.sebrae.com.br/JCorporativo/Fale.do
-
Estou começando na área de segurança patrimonial, e gostaria de mais dicas como proceder no mercado de trabalho. Desde já agradeço a atenção, obrigado.
-
obrigada por comentar
-
Olá Vitor, boa tarde!

Obrigada por comentar. Envie a sua duvida diretamente a um consultor SEBRAE através do Sebrae Responde app.pr.sebrae.com.br/JCorporativo/Fale.do

Boletins especiais