Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Como planejar bem as metas da sua pequena empresa

Edição: 09/2014

O mandamento número um de qualquer planejamento

Escrito por Millor Machado, sócio-fundador da rede social Empreendemia


A essência de um bom planejamento se resume a definir bem as expectativas. Porém, se é algo tão simples, por que existe tanto material e estudos sobre o tema? A resposta é simples: definir expectativas é a única maneira conhecida de gerar satisfação sobre um resultado.



Digamos que uma empresa tenha faturado um milhão de reais no ano. Esse resultado deixará os acionistas felizes ou não? Depende!
Se sua empresa planejava faturar 500 mil reais no ano e conseguiu esse resultado, esse faturamento é excelente. Porém, se a Apple faturar apenas um milhão no ano, te garanto que os acionistas não ficarão nem um pouco felizes.

Ou seja, felicidade e satisfação são sempre relativas. Um resultado por si só nunca será bom ou ruim sozinho, ele sempre precisa ser comparado com a expectativa criada. Justamente por isso, a qualidade do seu planejamento está diretamente relacionada à qualidade da sua definição de expectativas.

Se você cria expectativas muito amplas, como crescer as vendas, no final elas acabam não significando muita coisa. Para ter um bom planejamento, é importante especificar o crescimento esperado, em quanto tempo alcançaremos esse objetivo ou quais as ações que colocaremos em prática para chegar lá.

No caso, um modelo bem simples para definição de metas é o chamado SMART, utilizando a inicial das palavras em inglês. Ele engloba as seguintes características que devem ser usadas na hora de definir qualquer expectativa:

• Specific (Específico): aumentar faturamento versus faturar 500 mil reais.
• Measurable (Mensurável): objetivos que não são medidos não podem ser comparados com a expectativa. Por exemplo, fortalecer a marca ou ganhar o prêmio Top of Mind.
• Achievable (Alcançável): convenhamos, uma expectativa muito absurda não vale nem a pena ser estabelecida. Ambição é bem vinda, mas dentro da realidade.
• Relevant (Relevante): apesar de parecer óbvio, quantas vezes estabelecemos expectativas que não farão absolutamente nenhuma diferença no nosso negócio?
• Time-based (Temporal): uma boa expectativa possui um prazo de validade, caso contrário sempre haverá uma desculpa para ela não ter sido alcançada. Definir quando você avaliará aquele resultado é fundamental para um bom planejamento.

E você, tem criado expectativas SMART? Que outras dicas você dá em relação a como fazer um bom planejamento?

Fonte
Revista Exame
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
Estou progetando ser um Microempreendedor em impotacao de, oculos, bolsas femenina e perfume dos Estados Unidos para o Parana. Encontrei no SEBRAE um caminho que pode me ajudar a me legalizar; obrigado ao SEBRAE sei que he um otimo parceiro
-
Olá João. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog

Boletins especiais