Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Saiba como empreender depois da aposentadoria

Edição: 10/2014

Uma das coisas que incomodavam Marc Freedman era ver milhares, milhões de norte-americanos aposentando seu conhecimento quando paravam de trabalhar. Será que o conhecimento técnico e a sabedoria de vida acumulada ao longo de décadas tinham prazo de validade? Paradoxalmente, para muitos desses americanos, a aposentadoria trazia um vazio que até então era preenchido pelo senso de utilidade. Eles começavam a se sentir “velhos” porque achavam que estavam perdendo seu valor.



Pensando neste desafio, ele fundou a Encore.org, organização americana que ajuda pessoas a combinar significado pessoal, renda adicional e impacto social em sua segunda metade da vida. Entre as várias iniciativas, a Encore incentiva o trabalho voluntário com crianças carentes, já que várias pesquisas indicam a importância de referências para a formação desses meninos e meninas. Também aconselha que os aposentados se tornem mentores, consultores ou mesmo funcionários de empresas nascentes.

Os “cabelos brancos” podem ser úteis em diversas frentes. Eles podem trazer conhecimento de assuntos específicos, acesso a redes de relacionamentos, mais disciplina na gestão e até mesmo credibilidade, já que ainda pode haver certo preconceito com empreendedores “muito jovens”. Além disso, a Encore ajuda aqueles que querem montar seus negócios. Em todas essas frentes, incentiva o aposentado a se tornar empreendedor de si mesmo, sem perder o lado bom da aposentadoria – como ter mais tempo para ficar com a família, viajar ou praticar um hobby.

Como a Encore não atua no Brasil, aqui vão algumas sugestões para os aposentados que querem empreender.

1. Torne-se mentor de uma startup
Você tem conhecimento técnico e/ou de gestão e uma rede de relacionamento que pode ser muito útil para uma empresa nascente. Escolha ajudar empreendedores que tenham grandes propósitos alinhados aos seus. Faça a escolha pelo problema que a empresa resolve. Quanto maior a dificuldade, maior a oportunidade. A maioria dos mentores trabalha voluntariamente, pelo prazer em ser útil e contribuir para o desenvolvimento de negócios que tornem o mundo melhor.

2. Seja o pesquisador de um negócio inovador
Se você teve uma carreira muito técnica e participou de diversos projetos, esse currículo pode ser decisivo para empresas que estão captando recursos governamentais para projetos de inovação. Se você se associar a alguma empresa, principalmente de menor porte, seu conhecimento pode ter uma contribuição decisiva.

3. Seja voluntário em ONGs que "ajudam a pescar"
O ditado popular continua válido. Dar o peixe é importante, mas ajudar a pescar é ainda mais relevante. Há várias ONGs brasileiras que buscam a contribuição sustentável – caso da Junior Achievement, da Artemísia e da Endeavor. Mas sua contribuição não precisa estar, necessariamente, associada a uma ONG. Há outros bons projetos e inumeráveis problemas que demandam competências como as suas.

4. Crie sua empresa
Una sua paixão, conhecimento e rede de relacionamento em um negócio próprio. Estude, por exemplo, um pouco mais sobre a categoria de Micro Empreendedor Individual (MEI), na qual é possível abrir um negócio rapidamente, os impostos são fixos e a contabilidade é facilitada.
Mark Freedman explica que, quando entramos na nossa segunda metade da vida, percebemos que o tempo é finito e começamos a fazer outras perguntas. Nossas prioridades mudam, e podemos dispor de tempo e energia para fazer algo com uma nova perspectiva. Começamos a pensar em viver o nosso legado, o resultado da nossa existência.

Mas será que é preciso se aposentar para pensar em tudo isso?

As informações do artigo refletem as opiniões do autor, e não as de Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Fonte
Pequenas Empresas & Grandes Negócios

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (11)

-
Como estou construindo um pequeno empreendimento onde tenho tirolesa,piscina,slikline,um salão ,cozinha completa.8 lugares para dormir, desejo fazer mais,área para barracas como um Glamping(os da África),acho que pelo tipo de empreendimento poderia conseguir ajuda do Estado,estou ao pé da Pedra Branca e protejo todo dentro de meu sitio.Será possível conseguir dinheiro? Obrigada María ElenaIannarelli
-
 Olá Maria, bom dia

Obrigada por comentar. Você pode fazer uma consultoria presencial em uma de nossas unidades. Nossos consultores estão prontos para recebê-la e orientá-la. Acesse nosso portal goo.gl/4FT1aD e encontre o Sebrae mais próximo de você.

Conheça as oportunidades de negócios de Curitiba e região metropolitana, acesse: negociosemcuritiba.com.br/

Se preferir agende um horário com um dos nossos consultores através da central de relacionamento 0800 570 0800, o atendimento é gratuito.

Aguardamos a sua visita!
-
Gostei , mas fiquei curiosa o que é um Micro Empreendedor Individual?
-
Olá Maria de Fátima, boa tarde!

Obrigada por comentar. MEI - Microempreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Saiba mais em como tornar-se um pequeno empresário legalizado, com CNPJ, agora mesmo no portal do SEBRAE/PR  goo.gl/trfqcm
-
Boa tarde, tenho a intenção de abrir uma Distribuidora de RAÇÃO, entrei em contato com PROGRAMA NEGOCIO CERTO SEBRAE, gostei da atenção dada por eles, mais gostaria de saber se estou no caminho certo ou...., gostei mto d dica acima, obrigada.
-
 Olá Ivanilda, bom dia

Obrigada por comentar. Você pode fazer uma consultoria presencial em uma de nossas unidades. Nossos consultores estão prontos para recebê-lo e orientá-lo. Acesse nosso portal bit.ly/1idRBBd e encontre o Sebrae mais próximo de você.

Conheça as oportunidades de negócios de Curitiba e região metropolitana, acesse: negociosemcuritiba.com.br/

Se preferir agende um horário com um dos nossos consultores através da central de relacionamento 0800 570 0800, o atendimento é gratuito.

Aguardamos a sua visita!
-
Estou com 49 anos, mas me sentindo um jovem de 25, pelo menos no que tange empreendedorismo. Estou planejando pedir aposentadoria (sou militar) para iniciar um negócio próprio. Estou pensando numa distribuidora de água, gás, carvão e outros gêneros do seguimento. Que tipo de apoio, vocês podem me dar?? Um forte abraço para todos (as).
-
 Olá João, bom dia

Obrigada por comentar. Você pode fazer uma consultoria presencial em uma de nossas unidades. Nossos consultores estão prontos para recebê-lo e orientá-lo. Acesse nosso portal bit.ly/1idRBBd e encontre o Sebrae mais próximo de você.

Conheça as oportunidades de negócios para Curitiba e região metropolitana, acesse: negociosemcuritiba.com.br/

Se preferir agende um horário com um dos nossos consultores através da central de relacionamento 0800 570 0800, o atendimento é gratuito.

Aguardamos a sua visita!
-
Adorei a matéria, serviu de um forticante para meu Égo. Estou aproximando dos 84 anos, 50 anos como Empresário,enfrentando vários dsafios com sucesso, porem, fui fracassado,por ingenuidade ou boa fé, hoje estou aposentado,com situação finaceira dificil. Mas com saúde e mente de jovem.Com essa matéria me sentí mais fortalecido.
-
 Olá Deniz, parabéns pela coragem e agradecemos por compartilhar a sua experiência conosco. Conte com o Sebrae para ajudá-lo! Um excelente fim de semana para você!
-
Gostei muito da iniciativa e da pertinência do tema. Eu particularmente estou me aposentando mais cedo para abrir minha empresa. Estudei Ciências Contábeis por 5 anos na UFMG e estou me preparando para entrar no mercado das empresas contábeis em Belo Horizonte-MG.
-
 Olá Geraldo. Parabéns pela iniciativa! No que precisar, conte conosco! Um ótimo fim de semana para você!
-
Excelente
-
 Obrigado por comentar! Bom fim de semana!
-
Muito útil,trabalho informal(com bolos),e gostaria de legalizar,MEI,informar-me mais sobre o assunto.
-
 Obrigada por comentar! E no que precisar, conte conosco!
-
É de relevante importância o segmento de continuidade na atividade econômica das pessoas que se aposentaram e tem significativa experiência a serem repassadas ao mercado, alargando o horizonte a que se restringe ao profissional da terceira idade.
-
 Olá Milton, boa tarde!. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog
-
realmente vcs tem razão não precisamos tar aposentados,mas o que me falta é capital, tenho 55 anos não sou aposentada, e estou dsempreagada, é bem complicado... muito abrigada
-
 Olá Celia. Agradecemos seu comentário! Conheça também o nosso novo Blog, feito por especialistas em pequenos negócios: www.sebraepr.com.br/blog
-
Eu rose lio a Gonçalves tenho curso de martelinho de ouro,micro pintura e espelhamento,e preciso de fazer um financiamento,para construir uma garagem de quatro por seis mas os bancos negam o financiamento, porque o meu nome está restrito.Sou funcionário publico aposentado,e já tenho meu CNPJ definitivo de micro empreendedor necessito de um a apoio da vossa, senhoria.aguardo deferimento.OBRIGADO.
-
 Olá Roselio, bom dia!

Obrigada por comentar. Conheça as melhores linhas de crédito do mercado e a forma de acessoa para micro empresas, acesse e confira os seminários gratuítos de crédito goo.gl/nJzsxW

Você pode fazer uma consultoria presencial em uma de nossas unidades. Nossos consultores estão prontos para recebê-lo e orientá-lo. Acesse nosso portal bit.ly/1idRBBd e encontre o Sebrae mais próximo de você.

Conheça as oportunidades de negócios de Curitiba e região metropolitana, acesse: negociosemcuritiba.com.br/

Se preferir agende um horário com um dos nossos consultores através da central de relacionamento 0800 570 0800, o atendimento é gratuito.

Aguardamos a sua visita!

Boletins especiais