Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


A nostalgia pode ser um instrumento poderoso de marketing

Edição: 11/2014

E os marqueteiros já aprenderam, há um bom tempo, a capitalizar sobre esse comportamento em prol dos negócios.



Não é de hoje que os que trabalham com marketing sabem que o uso da nostalgia pode ser um instrumento poderoso no convencimento dos consumidores em se desapegarem do dinheiro e decidirem comprar ou até pagar mais por algo. E agora há estudos que compravam tal fato.

Um deles foi desenvolvido por uma equipe de pesquisadores liderados por Jannine D. Lasaleta, da Escola de Administração de Grenoble, na França. Em um experimento, os sentimentos nostálgicos aumentaram a disposição das pessoas em pagar por objetos desejados.

Em outro, os participantes foram convidados a desenhar figuras de moedas após descreverem uma experiência ou evento nostálgico. Ao serem comparados com um grupo de controle, os que descreveram eventos nostálgicos desenharam as moedas com tamanho 10% menor.

A conclusão é que induzir os consumidores a resgatarem ou terem sentimentos calorosos sobre um passado que apreciam faz com que eles se desprendam do dinheiro e, com isso, tendam a pagar por algo que desejam e até a gastar mais.

A questão, porém, é mais profunda que apenas uma estratégia de marketing, pois faz as pessoas pensarem na vida, no que já vivenciaram e no que ainda têm pela frente.

Nesses momentos, não é difícil pensar (e muitas vezes concretizar o que se pensou): por que não? Se eu comprar esse determinado produto posso me satisfazer um pouco e fugir das amarras do mundo moderno, de contenção de despesas, planejamento financeiro etc.

Mas esse comportamento pode ser também uma armadilha poderosa e danosa, caso torne-se sistemático. Muitos consumidores tendem a agir de maneira não racional com muita frequência e isso pode levá-los a sentimentos antagônicos após a concretização da compra.

Aos empreendedores, fica o recado que muitos já conhecem na prática. De fato, usar eventos nostálgicos como maneira de inspirar os consumidores a gastar por determinado produto pode ser uma estratégia muito eficaz.

E você, já se deixou seduzir por algo parecido como consumidor? Em caso afirmativo, já se arrependeu por ter agido assim?

José Dornelas é especialista em empreendedorismo, presidente da Empreende e autor do best-seller "Empreendedorismo, transformando ideias em negócios."

Fonte
UOL Economia

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (2)

-
Sentir lembranças, do sabor de alimentos do tempo da Vovó, já aguça o paladar, por exemplo: Pão e bolo saindo do forno, doces caseiros e o feijão borbulhando no fogão de lenha, hummmm que saudades. `"Lembranças fazem bem à saúde" Vavá sou eu Ivanira
-
Olá Ivanira, boa tarde!

Obrigada por comentar. Parabéns pela iniciativa e atitude. Continue aproveitando gratuitamente as dicas que o Sebrae/PR disponibiliza aos empresários de todo o estado, assista aos vídeos da coleção Sebrae Pocket, acesse: bit.ly/1u2L6VU

Sucesso e boa sorte!
-
Certo, gostei muto da matéria, agora como tranformar esse pensamento de nostalgia para o meu negócio? No caso uma clínica odontológica. Att.
-
 Olá Felipe. Obrigada por comentar. Você pode fazer uma consultoria presencial em uma de nossas unidades. Nossos consultores estão prontos para recebê-la e orientá-la. Acesse nosso portal bit.ly/1idRBBd e encontre o Sebrae mais próximo de você.

Boletins especiais