Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Como anda a identidade visual da sua empresa?

Edição: 12/2014

Para muitos pode parecer perfumaria. Mas muito longe disso, ter uma identidade visual bem feita, pode ajudar você a vender mais e a melhorar os seus negócios.



O que é identidade visual?

Antes de mais nada, vou explicar do que tudo isso se trata. Identidade visual é a aplicação do seu logotipo, a escolha das cores e das fontes nos materiais gráficos e digitais da sua empresa.

Mas como fazer uma identidade visual?

Para fazer a identidade visual da sua empresa, você deverá primeiramente analisar o nome e o logotipo. Se você ainda não tem um nome e nem um logotipo bem feito, recomendo que acesse o artigo Sua marca, sua empresa!

Avalie:

Quais as cores adequadas?


Para saber as cores mais adequadas, verifique quais são as cores do seu logotipo, e quais são as cores que combinam com ele. Leve também em conta o seu público alvo. Por exemplo: se são jovens, executivos, esportistas, mulheres, crianças, onde residem , qual a renda etc.

O significado das cores pode também poderá ajudar nesta escolha. Leia o artigo Como as cores podem influenciar no sucesso da sua empresa

Podemos até fazer uma fórmula para escolher as cores que irão compor a identidade visual da sua empresa:

Cores da sua Identidade Visual = logotipo + cores que combinam + público alvo

Mas cuidado para não escolher cores muito apagadas nem chamativas demais. Opte sempre pela harmonia e lembre-se de que, menos é mais!

E as fontes?

As fontes também representam um recurso poderoso para a sua identidade visual e elas nada mais são do que o tipo de letra que você usará nos seus materiais.

Seguindo a mesma lógica da escolha das cores, as fontes também devem combinar com o logotipo e com o seu público alvo. Vejamos alguns exemplos:

Fontes Clássicas
Geralmente possuem “serifa” . As serifas formam as palavras mais facilmente com os seus prolongamentos. Por isso, elas servem para guiar o leitor pelo texto, pois o nosso olhar tende a ver as palavras e não as letras individualmente. São muito usadas em textos corridos como livros e jornais. Por serem mais rebuscadas, não recomenda-se seu uso na internet. Exemplos:



Fontes Neutras
Representam o “pretinho básico” do mundo das fontes, pois combinam com tudo. Não possuem serifa, e são ideais para uso em sites e aplicativos mobile, pois transmitem a sensação de clareza e organização. Exemplos:

  

Fontes Caligráficas
Imitam a escrita caligráfica. Transmitem tradição, elegância e bom gosto. Estão associadas aos tempos antigos. Geralmente, estas fontes são usadas em convites e materiais que querem passar uma ideia de “feito a mão”. Não combinam muito com peças digitais. Exemplos:

 

Fontes Fantasiosas
São fontes comemorativas e ornamentadas. Fogem das classificações acima e devem ser usadas com cautela. Exemplos:

 

O ideal é que você conte com um designer especializado para fazer este tipo de serviço para você. Se você for designer, ótimo! Mas este trabalho deverá ser muito bem feito, caso contrário, poderá trazer problemas depois. A ideia deste artigo é apenas dar uma noção deste tema para aqueles que não sabem.

A criação da sua identidade visual

Com a escolha das cores e das fontes, você poderá finalmente providenciar a sua identidade visual. Conforme já mencionado, um designer poderá fazer este trabalho para você.

A sua identidade visual, deverá estar presente em todos os materiais da sua empresa de uma forma padronizada. Assim, sempre que o seu cliente tiver contato com qualquer tipo de peça da sua empresa, ele lembrará de seus produtos e serviços.

Materiais para aplicação de Identidade Visual


Confira alguns exemplos de peças para aplicar a identidade visual da sua empresa:

Papelaria
Cartões de visitas, papéis de carta, blocos, notas fiscais, cupons, fundos de apresentações em power point, carimbos, crachás.

Uniformes
Camisetas, camisas, casacos, jaquetas, aventais.

Fachadas, carros e displays

Tótens, vitrines, adesivagem de carros, motos, caminhões e vans; estandes, displays de lojas e supermercados.

Brindes e materiais promocionais
Canetas, chaveiros, blocos, cadernos, banners, faixas.

Internet

Sites, blogs, lojas virtuais, aplicativos web e mobile, mídias sociais como Facebook, Twitter e Youtube, e-mails.

Peças Publicitárias
Anúncios, folders, folhetos, outdoors, web banners, busdoor, mobiliário urbano, spots de rádio.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre identidade visual, avalie a situação da sua empresa e veja como melhorar. Mãos a obra e sucesso!

Por Adriana Schiavon Goncalves

Fonte
Blogs SEBRAE/PR 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
Fazer algo que você não domina ou se quer tem a mínima noção, é um tiro no pé. Por favor, não vamos esquecer que existem profissionais especializados no desenvolvimento destes projetos: São os Designers Gráfico
-
 Olá Rodrigo, Boa Noite!

Sim, todos os profissionais da área de marketing devem ser valorizados, pois constantemente estão buscando o melhor e atual meio de transferir a identidade da empresa para o consumidor. Obrigado por sua participação!

Boletins especiais