Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


6 conceitos que você deve conhecer antes de abrir uma loja virtual - OK

Edição: 02/2015

O comércio eletrônico não é mais uma novidade para a maioria dos brasileiros. No entanto, esse mercado está longe de estar saturado. Há bastante espaço para quem quer empreender no setor.Não é necessário ser um especialista para ter um e-commerce. Há diversas companhias especializadas na criação de lojas virtuais a preços atrativos para empresários iniciantes. No entanto, é importante que um leigo conheça alguns termos específicos e suas funções. A opinião é de Luan Gabellini, cofundador da BetaLabs, startup que desenvolve soluções de comércio eletrônico e gestão online para empreendedores.
Gabellini listou alguns dos conceitos essenciais para os interessados no comércio eletrônico. Confira.



1. Plataforma e-commerce
Toda a mágica no comércio eletrônico começa com uma plataforma, que nada mais é do que um software responsável pela exibição e pelo gerenciamento da loja. Além de permitir que os consumidores naveguem e comprem, a plataforma ajuda a gerenciar estoques, clientes, preços e vendas. Existem várias ferramentas disponíveis no mercado. Por isso, para fazer uma escolha adequada é preciso analisar as opções oferecidas.

2. Gateways e facilitadores de pagamento

Estes são os canais que têm a função de realizar as transações financeiras da sua loja virtual. A diferença essencial entre as duas ferramentas é que o gateway liga um comércio eletrônico diretamente a uma instituição financeira, enquanto um facilitador coleta, processa e liquida as transações.
Cada um tem prós e contras: um facilitador, cujo player mais conhecido é o PayPal, é mais barato que um gateway. Por outro lado, a maioria dos facilitadores redireciona o comprador para outra página, onde deverá ser realizado um outro cadastro. Essa pequena burocracia faz com que muitos clientes desistam da compra.

Já quem contrata um gateway elimina o cadastro exigido pelo facilitador – a compra é fechada no ato. De acordo com Gabellini, lojas com maiores volumes de transação devem optar por essa alternativa mais robusta.

3. Chargeback

O chargeback ("cobrar de volta") é o cancelamento de uma venda. A ocorrência acontece, por exemplo, quando o titular do cartão utilizado na compra diz não ter feito nenhuma transação. Quando um empreendedor contrata um gateway, a devolução do dinheiro é sua responsabilidade, enquanto os facilitadores de pagamento assumem o risco.

4. SSL e HTTPS
São certificados e protocolos que oferecem ao usuário uma garantia que os dados transferidos entre o computador e a loja estão criptografados e, consequentemente, seguros. Um site com https pode ser identificado pelo endereço com "https://" ou por um cadeado verde que fica à mostra na barra de endereço do navegador.

5. SEO
É o acrônimo de "search engine optimization". Além das palavras-chave, os motores de busca destacam páginas que tenham qualidade e coerência. É aí que entra o SEO, um conjunto de técnicas cujo objetivo é colocar sua empresa no topo.

6. Servidor
Local onde ficará armazenada a sua loja virtual. Este é um ponto crucial, pois é importante confirmar que a sua plataforma está em uma estrutura robusta – resistente a falhas que podem tirar um site do ar e com condições de aguentar um eventual aumento de tráfego de sua loja.

Fonte
Pequenas Empresas & Grandes Negócios
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (5)

-
Como é bom ir em busca de um determinado assunto, duvida e conseguir obter a informação em poucas palavras e aumentar suas informações sobre o assunto. muito Feliz.
-
Olá Edson, Boa Tarde!

Obrigado pelo seu comentário. Envio o link de uma Cartilha que reúne as informações necessárias para você abrir sua loja virtual e iniciar o seu comércio eletrônico: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/Como-abrir-uma-loja-virtual
-
quanto eu gastaria para abrir uma loja virtual..para inicia uma loja de ar condicionados...
-
muito bom espero em breve montar a minha loja virtual
-
Olá Jovenil, Boa Tarde;

Obrigado pelo seu comentário. O Sebrae Paraná disponibiliza para você, uma série de arquivos para ajudar a abrir ou melhorar sua empresa, gratuitamente. São planilhas, e-books, infográficos, guias, estudos e pesquisas com temas diversos. Basta se cadastrar e fazer o download! Selecione as opções no menu ao lado e aproveite! Boa leitura! http://www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/Arquivos-Gratuitos/Arquivos-Gratuitos
-
Parabéns pela matéria super clara, informativa e esclarecedora. Lauro
-
Olá Lauro, Boa Noite!

Obrigado pela sua participação no Boletim. Conheça nossa série de E-books Como Elaborar, acesse e clique em Controles Financeiros: http://www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/Arquivos-Gratuitos/S%C3%A9rie-Ebooks-Como-Elaborar
-
Olá Lauro, Boa Noite!

Obrigado pela sua participação no Boletim. Conheça nossa série de E-books Como Elaborar, acesse e clique em Controles Financeiros: http://www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/Arquivos-Gratuitos/S%C3%A9rie-Ebooks-Como-Elaborar
-
Ola eu gostaria de saber mais,sobre uma loja virtual,eu sempre tive,vontade trabalha com loja virtual,mas nao sei nada,,como fasso,? Obrigado
-
Olá Arlindo, Boa tarde;

Obrigado por sua participação. O planejamento da loja virtual de sucesso. Conheça os principais pontos que podem ajudar você a planejar, implementar e alcançar sucesso no seu e-commerce: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/Sebrae-tem-plataforma-gratuita-para-a-cria%C3%A7%C3%A3o-de-lojas-virtuais

Cartilha reúne as informações necessárias para você abrir sua loja virtual e iniciar o seu comércio eletrônico: http://bis.sebrae.com.br/GestorRepositorio/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/CB2C58620CEC8329832579BB004A7969/$File/NT0004749A.pdf

Boletins especiais