Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


6 dicas para abrir um negócio com pouco ou nenhum dinheiro

Edição: 03/2015

Para Cynthia Serva, coordenadora do Centro de Empreendedorismo e Inovação do Insper, é comum não ter capital suficiente para abrir e tocar o negócio. Por isso, buscar alternativas não deve ser um fator para desmotivar o empresário iniciante.



Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP, conta que geralmente depender somente de recursos próprios dá mais certo quando o negócio depende da capacidade do empreendedor de entregar o serviço. Pedir recursos para investidores ou familiares, buscar financiamento coletivo ou pedir dinheiro emprestado para bancos são algumas maneiras de buscar capital. Veja outras recomendações dos especialistas.

1. Reflita sobre as suas habilidades
Você quer abrir um restaurante, mas não sabe cozinhar? Tem um sonho de abrir um bar, mas não gosta de trabalhar durante os finais de semana? Antes de gastar toda a poupança ou se endividar para empreender, especialistas recomendam que o empresário faça uma reflexão.

Ter certeza de qual é a sua competência ou nível de conhecimento sobre o mercado é essencial para que o negócio seja um sucesso.

2. Coloque no papel o quanto precisará
Para saber se o negócio será viável, o primeiro passo é fazer um plano de negócios. “Coloque tudo no papel e avalie se o mercado irá aceitar o produto ou serviço”, ensina Nagamatsu.

Além disso, é importante que o empreendedor simule até quando conseguiria tocar a empresa sem precisar recorrer a capital externo. Essa etapa demanda que o empreendedor seja realista e simule tanto um cenário positivo quanto negativo.

3. Busque investidores
É possível crescer com recursos próprios, mas se o resultado não aparece como o planejado, é preciso buscar outras soluções. Investidor-anjo, crowdfunding, amigos e familiares são outras maneiras de conseguir o dinheiro necessário.

Nesses casos, também é indispensável colocar os custos no papel para que o endividamento não interfira no planejamento e crescimento do negócio.

4. Invista em marketing
É possível divulgar o seu serviço ou produto com pouco recurso e começar a vender sem ter uma loja física. “Marketing a custo zero é investir na internet e nas mídias sociais”, recomenda Nagamatsu.

Criar uma página no Facebook, interagir no Linkedin caso seu negócio seja focado no B2B e publicar fotos no Instagram são práticas que podem ser adotadas para que o seu negócio já nasça com clientela.

5. Acione o seu networking
Ter uma rede de contatos é essencial para qualquer empreendedor. Além de possíveis parcerias, empresários do seu setor de atuação podem fornecer informações precisas do mercado e detalhes de como é lidar com o negócio no dia a dia. Dessa maneira, é possível administrar o capital que o empresário tem de uma maneira mais inteligente.

6. Busque especialização antes de começar
Se o capital ainda é escasso para começar ou não é o suficiente para lidar com imprevistos, o ideal seria buscar capacitação antes, para não ter problemas com as finanças no futuro. “Sempre tem que avaliar o que a gente tem na mão e o que é possível fazer”, afirma Cynthia. Cursos, workshops e especializações que podem auxiliar até que o empreendedor tenha um montante suficiente para abrir o próprio negócio.

Por Camila Lam

Fonte
Revista Exame

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (12)

-
tenho em media R$20.000,00 e gostaria de investir em mini caminhão para começar no meio de trasporte , pois sou aposentado e tenho muita vontade de trabalhar neste ramo,o que devo fazer ? Desde já Agradeço.
-
já tenho meu proprio negócio,e experiencia no ramo em que atuo,mas preciso aprender a administrar melhor para crescer e expandir.
-
Olá Marlene, Boa Noite!

Obrigado por sua participação no boletim. E-books da série Administração Básica do SEBRAE/PR, coleção SEBRAE sem distância. Faça o download gratuito do seu exemplar:
http://sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/Lab-%E2%80%93-Neg%C3%B3cios-&-Solu%C3%A7%C3%B5es

-
muito bom.. queria mantar algum negocio que de uma renda boa para sustemta minha familha tem mil reais oque posso fazer
-
muito bom.. queria mantar algum negocio que de uma renda boa para sustemta minha familha tem mil reais oque posso fazer
-
Estou abrindo um negocio de serviço relacionado a refrigeração na parte de instalação ,manutenção e limpeza de split nas determinadas residencias, ha principio divulguei nas redes sociais e ainda não obtive resposta de nenhum cliente pois ainda e recente gostaria de saber se estou no caminho certo e se poderiam me aconselharem algo . muito obrigado ...
-
adorei as dicas
-
 Olá Eliane, Bom dia!

Obrigado por seu comentário. Conheça os Produtos e Serviços Sebrae PR: http://www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeapp
-
gostei muito das dicas.
-
Olá Marcia, Bom dia!

Obrigado por seu comentário. Conheça ainda nosso blog: sites.pr.sebrae.com.br/blogs/ e tenha acesso a mais informações. Feito por especialistas em Pequenos Negócios!
-
Estou com uma idéias quero monta uma agência de babá e diarista estou buscado informações análise do mercado com idealizar esta idéias.por favor tive algo para me ajuda desde já agradeço.
-
Quero muito fazer algo pr vender..tenho pouca grana e muita vontade de vencer,quero fazer algo muito bom pr criançada, pois aqui não temos nada muito bom pr elas,é lugar bem umil ,nada caro.preciso de idéias,podem me ajudar?
-
muito boa essa matéria,essas dicas são muito importante,mais é que o mercado hoje além de ser concorrido,os impostos sufocam os grandes empresariados imagine quem esta tentando começar,sou um confeiteiro e ja tentei colocar um pequeno negocio mais não deu certo. busco ajuda.......
-
Tem hora que a gente precisa recorrer a capital externo,e é nesta hora que fica muito dificil,porque as pessoas que cuidam desta área não confia na gente,exatamente porque a firma ainda é pequena, estou passando por esta experiencia ,tenho uma firma aberta a 5 anos e estou mantendo com meus próprios recursos ,só que tenho vontade de ampliar ,fui procurar recursos em uma destas agencias que liberam recursos pelo Sebrai da minha cidade,mas como sou casada com uma pessoa que tem restrição no nome,não posso adquirir este emprestimo,mesmo minha Empresa sendo do MEI e estando só em meu nome então se complica muito,tenho tudo p/ crescer mas não tenho ajuda .Voces podem me dar um conselho nisso?
-
Gostei das dicas, além de refletir se realmente vale a pena. Também é interessante ter uma ideia total , ou aproximadamente de quanto gastar, visando se for o caso o valor locação, mobilhas entre outros.
-
 Olá Roselene, Bom dia!

Obrigado por seu comentário. O Sebrae/PR está nas mídias sociais, acesse e curta: Facebook https://www.facebook.com/prsebrae e Twitter https://twitter.com/SEBRAE_PR

Boletins especiais