Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


CPC para Pequenas e Médias Empresas

Edição: 01/2011

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis ou somente CPC emitiu o pronunciamento denominado CPC-PME em dezembro de 2009, sendo o mesmo um conjunto único e completo de princípios contábeis destinados às pequenas e médias empresas.

O objetivo deste pronunciamento é a internacionalização da informação contábil geradas por estas empresas.

Em geral o pronunciamento CPC-PME deve ser aplicado apenas por empresas que não têm obrigação pública de prestação de contas, independente de sua forma jurídica, como companhias por ações fechadas, limitadas e demais sociedades comerciais.

O termo empresas de pequeno e médio porte adotado no pronunciamento CPC-PME não inclui:

• as companhias abertas, reguladas pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM;

• as sociedades de grande porte (empresas com ativo total superior a R$ 240 milhões no exercício anterior ou receita bruta anual superior a R$ 300 milhões);

• as sociedades reguladas pelo Banco Central do Brasil, pela Superintendência de Seguros Privados e outras sociedades cuja prática contábil é ditada pelo correspondente órgão regulador com poder legal para tanto.

A adoção do pronunciamento CPC-PME é obrigatória na preparação das demonstrações financeiras.

A principal vantagem na adoção deste pronunciamento é a maior facilidade de obtenção de créditos e de investimentos, podendo ser tanto nacional quanto estrangeiro.

Portanto recomendamos uma discussão com o responsável pela contabilidade da sua empresa sobre a aplicabilidade do pronunciamento CPC-PME.


Fonte:
http://www.sebraepr.com.br/blog/legislacao

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (2)

-
boa tarde,concordo com a Maria Celina o assunto e bom,mas para eu que sou leiga no assunto acho que teria qeu ser mais objetivo.
-
muito boa, so precisa ser mais detalhada.

Boletins especiais