Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Mercado incerto? O que fazer?

Edição: 04/2015

Muitas publicações e também na internet são apresentadas tendências para o ano que se apresenta, mas como não temos “bola de cristal” para saber o que está certo e o que está errado precisamos saber a diferença entre: profecia, projeção, previsão e prospectiva.



A profecia não tem base científica. Como exemplo podemos citar uma profecia que circulou pela internet que anunciava o fim do mundo dia 20 e dezembro de 2012. Se tivesse levado em consideração esta informação o melhor teria sido trabalhar bastante em 2011 e vender sua empresa no início de 2012, assim poderia aproveitar os últimos meses antes do mundo acabar. Como está lendo este post pode perceber que esta profecia não se concretizou e portanto se tivesse seguido esta orientação hoje estaria em uma situação muito ruim.

A projeção é baseada em histórico. Imagine utilizarmos a informação do total de vendas da sua empresa em 2014 e projetarmos as vendas para 2015 sem levar em conta nenhuma outra informação. A empresa vendeu 200 mil em 2014, então projeto que “quero” vender 250 mil em 2015 apenas baseado nas vendas de 2014. É como afirmar que vai chover na primeira semana de dezembro de 2015 simplesmente por que choveu na primeira semana de dezembro de 2014.

A previsão é baseada em estatísticas. Se utilizarmos o exemplo da chuva citado anteriormente poderíamos dizer a probabilidade de chover na primeira semana de dezembro baseado em um histórico dos últimos anos. Não poderíamos afirmar que choverá nesta semana mas teríamos uma boa chance de acertarmos. Prever o futuro apenas baseado no passado é como dirigir um carro olhando apenas o espelho retrovisor.

Na visão prospectiva é levado em consideração, além do histórico analisado de forma estatística, informações qualitativas e comportamentais futuras. É traçar metas levando em consideração as estatísticas do histórico das vendas nos últimos anos além de tendências econômicas, sociais, políticas e ambientais. Isso significa dizer que temos que olhar para dentro da empresa e também para fora nas diversas variáveis que interferem no negócio.

Não se preocupe se você não sabe o que vai acontecer no futuro pois seus concorrentes também não sabem. O mais importante é ter mais informação correta e atualizada que seu concorrente e planejar constantemente ajustando seu plano a medida que aquilo que planejou for acontecendo ou não.

Quais as perspectivas para o futuro da sua empresa?

Por Ronaldo Hofmeister

Fonte
Blogs SEBRAE/PR 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
gostaria saber como fazer uma divulgacao mais pratica chega mais facil a cliente

Boletins especiais