Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Por que é tão difícil liderar uma equipe?

Edição: 04/2015

Liderar não é mandar, mas assumir a responsabilidade por todos liderados e ser percebido como aquele que vai permitir que cada integrante da equipe atinja seus objetivos.



É responsabilidade compartilhada entre líder e sua equipe. Em uma nova estrutura organizacional, o líder é como um maestro de uma sinfônica que precisa conduzir especialistas, definir e transmitir sua visão, fixar metas, mobilizar e incentivar. Mandar nunca mais. Ele não precisa ser o melhor músico, nem o virtuoso. O líder já não impõe o poder.

O trabalho do líder é conseguir trazer antagônicos para a sinergia, motivar os liderados a serem cooperativos e produtivos. O desafio é fazer especialistas solitários trabalharem produtivamente em equipes montadas segundo as complementaridades e necessidades das competências e preferências. É ajudar a criar a inovação e implantar as mudanças.

Para criar o novo é preciso encerrar o velho, desestabilizar, perturbar e fazer a “destruição criativa”. Liderar é influenciar e mobilizar as pessoas, para que desenvolvam motivação para fazer o que deve ser feito, com vontade e o máximo de seu potencial, para atingir os objetivos compartilhados fixados.

Uma longa lista de características e competências define um líder eficaz: visão para o futuro, capacidade de execução, caráter pessoal, ser estrategista, ter capacidade de inovar, de criar equipes, de gerenciar projetos, de controlar pessoas, ter bom-senso, inteligência emocional, além de outros fatores. Fala-se também muito em estilo e carisma.

Liderança inspira e empolga, mas é importante também que o líder tenha consciência que liderança é responsabilidade. Não podem ser permissivos nem culpar os outros. Líderes eficazes assumem a responsabilidade final e não temem os subordinados.

Valorizam sua equipe e cercam-se de pessoas independentes e autoconfiantes. Liderança é confiança e respeito. Segundo Peter Drucker, o líder eficaz sabe que a tarefa suprema da liderança é a criação de um significado que justifique e valorize cada ação, cada objetivo, todo e qualquer trabalho.

Liderar é ter coragem de tomar decisões, escolher os melhores e descartar opções inadequadas. É estar atento, aprender a se antecipar aos acontecimentos, saber ouvir e planejar. É formar e desenvolver equipes e talentos, permitindo que as pessoas tenham liberdade para atuar e para estabelecer seus métodos de trabalho e permitir que sintam que seu trabalho tem um significado e que elas são úteis e importantes.

Líderes positivos e flexíveis acreditam nas pessoas como “chave do sucesso”, aceitam e perdoam erros, pois sabem que o medo atrofia a criatividade e o espírito inovador. Também estabelecem padrões e expectativas bem altas, acompanhando de perto seu atingimento, mas reconhecem e agradecem quando sua equipe tem um desempenho excepcional. Eles também sabem que devem se tornar a principal fonte de inspiração e admiração de sua equipe.

Compreender a nova estrutura organizacional, bem como o conceito e significado exato do termo liderança é essencial para que o desafio de liderar uma equipe seja atenuado e o sucesso alcançado.

Gilberto Guimarães é professor da BSP – Business School São Paulo

Fonte
Revista Exame

 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais