Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Acreditar que empreender compensa!

Edição: 06/2015

Se, somos um país empreendedor, podemos transformar está dúvida e uma afirmação baseado não em fatos, mas em números que confirmam sobre a busca constante dos brasileiros em ter seu próprio negócio, ser independente e que estão motivados pela oportunidade de tornar realidade se SONHO de ser empreendedor.



Na pesquisa do GEM 2014 demonstra que no Sul, na faixa etária que vai dos 18 a 64 anos, aproximadamente 19,1 milhões de indivíduos, estima-se que 6,7 milhões é o número de empreendedores, divididos, assim:

614 mil empreendedores nascentes;
2,7 milhões de empreendedores novos, e,
3,5 milhões de empreendedores estabelecidos.
A busca de um espaço no mundo dos negócios deve trilhada de maneira continua e persistente no conhecer o produtos e/ou serviço que irá dispor neste universo. Assim, conhecer todas as variáveis existentes irá diminuir o impacto da inserção deste novo empreendimento, ponderar todas as informações levantadas dará segurança e principalmente visão do caminho mais certo a ser traçado e seguido.

A criatividade pode ser um fator positivo de se aproximar dos clientes, mas ter postura de parcerias e de ser pró ativo na exposição do produto e/ou serviço ofertado ajudará nos momentos cruciais como o fechamento da venda e as dificuldades econômicas que surgem.

Usar a oportunidade para reinventar a maneira de entrega aos clientes, surpreender com coisas simples, mas eficientes de acordo com a necessidade de cada cliente.

Nesses momentos, os grandes empreendedores fizeram a diferença deixando “uma marca” com o seu cliente, ajudando-o a solidificar o empreendimento passando a ser competitivo com outras marcas, produtos e serviços. Surpreenda no início e sempre o seu futuro cliente.

O GEM ainda descreve que no Brasil os empreendimentos têm características poucas compatíveis com ambiente de maior competitividade, mas aponta a possibilidade na melhoria nos indicadores, pois somente 20,9% dos empreendedores do Sul afirmaram que seu produto ou serviço é novo.

O momento econômico do Brasil é de reflexão, é um fato que existem dificuldades e rumores de crise. Mas, neste momento é especial para mudar, ver uma alternativa calculada para prever riscos e principalmente um olhar para médio e longo prazo.

Esteja em constância atualização dos fatos e tenha a informação que precisas, não seja ocioso e ficar esperam em uma longa “fila” para ver o vai dar. O empreendedor mostra por que veio, usa exemplos bons e ruins para escolher o melhor caminho, veja e estude as pesquisas, faça seu MAPA.

Exija de você foco e tenha cabeça aberta a mudanças, medite sobre o negócio e não se distraia dos objetivos traçados, inspire-se em empreendedores que façam a diferença e aproveitam a oportunidade criada, não use o bom senso e sim a razão. Lembre-se disso.

Fonte: região Sul da pesquisa Empreendedorismo no Brasil 2014 – GEM 2014, versão nacional para o projeto Global Entrepreneurship Monitor – GEM.

Por Alaxendro Rodrigo Dal Piva | Blogs SEBRAE/PR
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais