Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


6 números para te convencer a apostar na Black Friday

Edição: 11/2015

O Google divulgou nesta quinta-feira (29/10) uma pesquisa com as projeções da Black Friday de 2015. Para a empresa, o evento pode representar uma chance para o varejo se recuperar neste ano de crise.

Segundo a pesquisa, feita com auxílio do banco de dados do site e consultas a mais de 1000 pessoas de todo o país, o varejo brasileiro deve faturar entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,9 bilhão com a Black Friday – evento que só perde para o Dia das Mães e o Natal em termos de faturamento.

Para Claudia Sciama, diretora de negócios de varejo do Google, o e-commerce e o varejo entenderam que o acontecimento serve como uma antecipação do próprio Natal – e não uma competição. “Temos diferentes indústrias aderindo à Black Friday. É algo que já está no calendário do consumidor.”

Na pesquisa divulgada pelo Google, alguns números mostram como o dia de promoções é impactante no Brasil. Confira:

1. R$ 1,5 bilhão e R$ 1,9 bilhão

É o que o Google e o E-bit esperam de faturamento para a Black Friday de 2015. Para Claudia Sciama, diretora de negócios de varejo, o ano complicado não deve afetar o evento. “Por mais que a economia esteja com problemas, o número de internautas e compradores continua aumentando”, diz.

2. R$ 522

Este foi o valor do tíquete médio da Black Friday de 2014. Segundo pesquisa divulgada pelo Google, o valor deve se manter ou até aumentar na edição deste ano. “Temos certeza de que o valor vai permanecer elevado. As pessoas estão comprando menos esse ano e elas vão esperar as promoções da Black Friday para tirar a mão do bolso”, afirma Claudia.

3. 82%

É o número de pessoas que compraram em 2014 e pretendem repetir a experiência em 2015. “Esse é um ótimo sinal. Em 2012, passamos por um susto com as ‘black fraudes’, mas isso acabou. O varejo melhorou seus atendimentos e está dando a devida importância para a data. O número é uma bela prova disso.”

4. R$ 1,5 milhão

Deve ser perdido a cada hora com sites fora do ar. Segundo estimativas do Google, os grandes players do mercado (como Lojas Americanas, Submarino, Casas Bahia, Mercado Livre e Netshoes) podem perder até 300 mil usuários a cada 60 minutos com sites sem sistema.

5. 38%

Apenas 38% dos brasileiros pesquisados pelo Google conhecem a Black Friday. O que representa, segunda Claudia Sciama, uma oportunidade e tanto para os varejistas que querem investir nessa data. “A tendência para os próximos anos é esse número crescer. Imagine quanto atingirmos os 100%? Existe um mercado a ser explorado.”

6. 63%

Dos pesquisados pretendem gastar mais de R$ 200 na Black Friday de 2015. Para Claudia, o brasileiro está disposto a aproveitar a Black Friday para comprar o que não comprou este ano. “Esperamos que a edição deste ano seja mais forte que o varejo em 2015. Foi um ano casca grossa para os donos das lojas e os compradores”, afirma.

Fonte: PEGN

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais