Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


O que a pizza de aliche te ensina sobre vendas

Edição: 03/2016

Você sabe quais itens vendem mais na sua loja? E quais têm a melhor margem de lucro? Em uma pizzaria, por exemplo, existem as mais pedidas, como calabresa ou muçarela, que apesar do baixo lucro, tem alto volume de vendas, e as que vão te fazer perder dinheiro, como a de aliche. “Sai muito pouco e não tem alta porcentagem de lucros”, diz Hugo Venturelli, consultor de finanças do Sebrae-SP, durante curso de capacitação na Feira do Empreendedor SP 2016.

Independente do seu negócio, saber a margem de lucro e o volume de vendas é essencial para aumentar as vendas. "Monitorar o desempenho dos produtos de uma loja é fundamental para o sucesso do negócio", afirma o consultor.

Segundo o Venturelli, existem quatro categorias de produtos que podem ser usadas para classificar qualquer item de uma loja. Para um planejamento bem-feito, é preciso que o empreendedor identifique a categoria em que cada item se enquadra, "pois fazer isso pode te ajudar a ganhar mais dinheiro e ter menos prejuízo", diz.

1. Itens com baixa venda e baixa margem de lucro

Esse é o pior tipo de produto que uma loja pode ter. Eles não são itens nobres e, portanto, não possuem valor agregado, e não são populares para venderem bastante. É comum que o empreendedor tenha prejuízo por ter esse produto em estoque e, segundo Venturelli, o melhor a fazer, normalmente, é se livrar desse item o quanto antes.

"Esses produtos podem, inclusive, ser concorrentes na própria empresa. Em uma pizzaria, por exemplo, uma pizza de aliche, que sai muito pouco e não tem alta porcentagem de lucros, pode ser comprada no lugar de uma de calabresa, que sai bastante e tem baixo lucro. Isso faz com que o empreendedor precise manter um estoque do peixe, o que, muitas vezes, acaba dando prejuízo. Por isso, é preciso trocar a categoria do produto. Nesse exemplo, as opção são deixar a pizza mais nobre, com ingredientes melhores, ou então tirá-la de vez do cardápio", diz.

2. Itens com alta venda e alta margem de lucro

Esses produtos são o sonho de qualquer lojista. Normalmente, são itens simples e populares que estão na moda. Embora seja tentador, é preciso tomar cuidado para não investir muito neles, pois esses produtos têm uma vida passageira. "É como aquela onda das paletas mexicanas. Quem investiu dinheiro nesse negócio está com problemas hoje", diz Venturelli.

3. Itens com alta venda e baixa margem de lucro

É o produto que atrai o cliente até o negócio. Por ser mais simples e barato, deve ficar posicionado em lugares de difícil acesso. Assim, o cliente, que irá comprar o produto de qualquer jeito, é impressionado por outros itens até chegar ao item barato. Alguns exemplos são: arroz, pneus, chinelos e camisetas sem estampas. "Um pneu tem margem de lucro de 3% normalmente, por isso que a função dele é levar o cliente à loja", diz.

4. Itens com baixa venda e alta margem de lucro


São os produtos com valor agregado maior e mais refinados. Têm a função de carregar a lucratividade do negócio e, por isso, devem ter uma exposição mais nobre nas lojas.

"Esses são os produtos que o cliente precisa ver enquanto procura pelo item barato. No exemplo da borracharia, o pneu fica no fundo da loja, enquanto o óleo de motor fica na linha de visão do cliente", afirma. O consultor ainda recomenda que o empreendedor cuide para focar sua verba de marketing nesses produtos.

Fonte: PEGN

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (4)

-
(81) quero muito trabalha para min
-
 Olá Leonardo, bom dia!

Agradecemos a sua participação no boletim!

Você quer se tornar um empreendedor, mas não sabe por onde começar ou que negócio abrir? Então, visite os menus Ideias de negócio e Tipos e Ramos. Confira sugestões de como ganhar dinheiro, descubra o que é preciso ter para montar um negócio e veja como o Sebrae classifica e apoia a atividade escolhida.
Qualquer dúvida, estamos à disposição no número 0800 570 0800.

-
(51) A oferta do produto tem que ser bem avaliada, sempre analisada agregando valor.
-
Olá! Cinara, Obrigada pela participação no Boletim! Sucesso!
-
(43) Muito bom as dicas
-
Boa tarde! Erica, Obrigada por participar do Boletim! Conte sempre com o Sebrae!
-
(44) adorei as dicas gostaria de saber mais sobre
-
Boa tarde, Priscila!
Agradecemos sua participação no boletim!

Para verificar a solução que contemple as necessidades da sua empresa, sugerimos contato com a Central de Relacionamento Sebrae pelo 0800 570 0800.

Boletins especiais