Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Economia brasileira tem maior alta de crescimento em 24 anos.

Edição: 04/2011

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) este éo maior crescimento em 24 anos, desde 1986, quando também a alta foi de 7,5%.O crescimento é medido pelo PIB (Produto Interno Bruto), que é a soma de todas as riquezas produzidas no país. Em 2010, a riqueza gerada foi de R$ 3,675 trilhões. O PIB per capita ficou em R$ 19.016.

Em 2009, o PIB (Produto Interno Bruto) teve retração de 0,6%, causada pela crise financeira internacional iniciada um ano antes.

Setores que mais cresceram

O setor da economia brasileira que mais cresceu em 2010 em relação a 2009 foi a indústria, com 10,1%. A agropecuária veio em segundo lugar, com 6,5%. Serviços (que inclui comércio, por exemplo) cresceram 5,4%.

O maior destaque dentro da indústria foram as empresas extrativistas, como as que exploram minério de ferro, petróleo e gás (caso da Vale e Petrobras, por exemplo). É um setor associado a commodities (matérias-primas).

Economistas criticam a dependência do país em relação às matérias-primas, pois haveria muita dependência da economia no consumo de países, como a China. Uma redução da economia chinesa abalaria muito as contas brasileiras.

A indústria extrativa mineral teve crescimento de 15,7%. A construção civil cresceu 11,6%. A indústria de transformação teve elevação de 9,7%. Esse último item inclui produção de carros, máquinas e equipamentos, produtos de metal e siderurgia.

Comparação trimestral

Na comparação de trimestres, o PIB subiu 0,7% no quarto trimestre de 2010 diante do terceiro trimestre. Em relação ao quarto trimestre de 2009, a economia registrou crescimento de 5%.
No quarto trimestre em relação ao terceiro, o único segmento que registrou expansão foi o de serviços, com 1%. Nessa base de comparação, a indústria diminuiu 0,3% e a agropecuária encolheu 0,8%.

Revisão de 2010

O IBGE revisou para baixo números dos trimestres do ano passado que haviam sido divulgados antes. No primeiro trimestre, a economia subiu 2,2% em comparação com o trimestre anterior, e não 2,3%. No segundo trimestre, a alta foi 1,6%, e não 1,8%. No terceiro trimestre, o crescimento passou de 0,4%, e não 0,5%.

Fonte:
http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/03/03/economia-brasileira-tem-maior-crescimento-desde-1986.jhtm

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
MUITO BOM O CEBRAE TENHO APREÇO PATICIPEI DE CURSO EMPRESARIAL. A MATERIA ENTEREÇA DENTRO DA PROPIA EMPRESA BUE PARTECIPO.

Boletins especiais