Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Vendedor tem que ser resiliente todo dia

Edição: 08/2016

Lembra do que aconteceu com Ronaldo Nazário, o fenômeno?

Já havia tido sérios problemas no joelho em outros momentos, mas no dia 12 de abril de 2000, quando jogava pela Inter de Milão, deixou meio mundo perplexo ao desmoronar em campo no estádio Olímpico de Roma com o tendão patelar do joelho direito completamente rompido. Você viu?

Não teve viva alma no planeta que não tenha concluído game over para ele.

No entanto, dois anos depois, deu a volta por cima na copa do mundo dividida por Japão e Korea. Foi artilheiro com oito gols e campeão do mundo com direito a topete inusitado e comemoração de número 1.

Resiliência, conceito com origem na física, é a propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica. Quase o caso do rabo da lagartixa.

Na psicologia, é vista como combinação de fatores que propiciam ao ser humano condições para enfrentar e superar problemas e adversidades. No popular, sacudir a poeira e dar a volta por cima.

O exemplo do R-9, guardadas as devidas diferenças, tem um pé em cada dimensão da resiliência. Grande Ronaldo.

Vendedores e vendedoras enfrentam e precisam superar problemas e adversidades todo dia, às vezes o dia todo. Só não podem desanimar.

É o cliente difícil, o concorrente agressivo, a economia descontrolada, o mercado predatório, o preço incompreendido, o desconto exagerado, a demora de tudo, a espera ansiosa, a ausência não programada, a negociação ganha-perde, a logística complicada, o fornecedor não parceiro, o governo, ah, o governo, a política, o pouco tempo e os demais recursos ausentes ou limitados. Não é fácil mesmo. Tem que ser mesmo muito resiliente.

Além disso, vendedores têm que brigar fora e brigar dentro.

Precisam defender a empresa, suas estratégias e suas políticas quando estão tratando com os clientes e lutar por esses, suas necessidade e seu interesses, quando interagem com as várias forças e áreas da empresa que representam.

Como aprender e desenvolver resiliência?

Há vários caminhos: valorizar a serenidade, o autocontrole, ser empático, lidar positivamente com o estresse, não supervalorizar problemas e dificuldades, se informar mais sobre o tema, conversar com outras pessoas, trocar ideias e, quando conveniente, buscar ajuda qualificada.

Resiliência ajuda a entender e depois superar o não do cliente e as demais situações do dia a dia, para seguir fechando negócios e fazendo gols.

Fonte: Alfredo Duarte - Exame PME

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais