Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


10 dicas para melhorar o fluxo de caixa da sua empresa

Edição: 10/2016

Usando uma metáfora adequada para um ano de Olimpíadas, tentar tocar uma empresa sem gerenciamento de fluxo de caixa é como tentar remar numa canoa sem remo durante a competição. Mesmo que você consiga, ficará cansado e provavelmente não conquistará a medalha de ouro.

Oferecemos a seguir 10 dicas para melhorar o controle do fluxo de caixa de sua empresa:

1 - Estabeleça metas de fluxo de caixa. Uma boa maneira de controlar o fluxo de caixa é preparar e manter uma previsão e atualizá-la, por exemplo, semanalmente, a fim de obter uma visão acurada para os próximos seis ou 12 meses.

2 - Antecipe necessidades futuras. Não há nada mais desesperador do que procurar dinheiro quando você precisa muito dele. Faça bom uso de seu capital de giro e procure ter sempre um pouco de reserva para caso precise utilizar, evitando assim a captação de recursos imediatos (cheque especial, desconto de títulos, empréstimos, etc.)

3 - Mantenha sempre os registros de entradas e saídas acurados e atualizados, pois eles são essenciais para entender a capacidade financeira de sua empresa. Realize a baixa de títulos a pagar e a receber, bem como a sua conciliação.

4 - Foque no fluxo de caixa e não no lucro. Uma razão comum para o fracasso empresarial é que a maioria das PMEs não possui um plano de fluxo de caixa desde o seu primeiro dia, apesar de fazerem previsões de margens de lucro. Para sobreviverem e serem rentáveis, no entanto, as empresas precisam ter um bom fluxo de caixa.

5 - Estabeleça condições de pagamento claras desde o início. Se você não faz isso, fica difícil saber quando irá receber, ou se um pagamento está em atraso, e, portanto, isso irá impactar suas provisões e, consequentemente, o seu gerenciamento de fluxo.

6 - Emita faturas rapidamente. Alguns fatores que influenciam o fluxo de caixa estão nas mãos da própria empresa, inclusive quanto à rotina de faturamento. Quanto mais rápido o faturamento e sua negociação, mais rápido os recursos entrarão no caixa da empresa, diminuindo assim o tempo médio de recebimento.

7 - Tente trabalhar com o capital dos seus fornecedores. Negocie prazos mais longos e recebimentos mais curtos. Isso favorecerá o seu ciclo operacional, pois o capital de terceiros financiará a sua operação.

8 - Analise seu fluxo de caixa e fique atento aos eventos sazonais. Muitas empresas passam por ciclos de alta e baixa. Varejistas do setor de roupas, por exemplo, normalmente têm seus melhores meses em dezembro, enquanto fornecedores de livros escolares e uniformes vendem bem no início do ano escolar.

9 - Numa análise de fluxo de caixa pode-se destacar os ciclos em seu negócio. Esta informação pode ser usada de várias maneiras, por exemplo, para organizar a quantidade certa de pessoal, monitorar seu endividamento, ou melhorar sua estratégia de comunicação.

10 - Use tecnologia para gerenciar o fluxo de caixa. Todas as dicas anteriores serão realizadas de forma muito mais prática e eficaz, uma vez que seu fluxo de caixa esteja integrado a um sistema de gestão (ERP). Um ERP, principalmente se ele estiver baseado em nuvem, aliado a boas práticas por processos, proporciona eficiência operacional, permitindo-lhe trabalhar de forma mais eficaz, poupando tempo, e mantendo um melhor acompanhamento do fluxo de caixa do seu negócio, através do laptop, tablet ou celular.

Fonte: Fábio Tulio - Administradores

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (2)

-
(41) Prezados Senhores, Considero o SEBRAE um parceiro muito importante no desenvolvimento dos pequenos e médios empreendedores. Gostaria de sugerir que alem de todo atendimento que temos hoje no SEBRAE, que o SEBRAE crie um " SISTEMA online pra gerenciamento financeiro/ cadastro de clientes e fornecedores para os pequenos empreendedores controlar seus negocios pois sinto falta de algo desse genero em nosso favor. grato jose nunes
-
 Olá Jose Nunes, obrigado pelo comentário. É importante para o Sebrae saber as necessidades dos empresários. O Sebrae disponibilouz sistemas assim gratuitamente algum tempo atrás, em parceria com empresas de software. Esperamos que em breve algum projeto deste tipo seja retomado. 
-
(47) gostaria de montar o meu proprio negocio sei fazer salgadinhos e hoje estou desempregada a uma semana e estive pensando envestitir numa pequena empresa de salgados estou sem capital como posso fazer para obter maiores informaçoes e tambem gostaria de saber se o sebrai tem algum tipo de ajuda
-
 Olá Adriana, o Sebrae realiza ações para facilitar aos empreendedores o acesso ao crédito, mas não é uma instituição que realiza empréstimos.
Para saber sobre possibilidades de crédito visite este site:
  www.linhasdecredito.com.br/

Boletins especiais