Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Bancos oferecem linhas especiais para empreendedores

Edição: 05/2011

Empreendedores individuais que necessitam de crédito para expandir o negócio podem contar com algumas linhas de financiamento de bancos públicos para financiar máquinas, veículos e instalações próprias, com juros acessíveis.

No Banco do Nordeste (BNB), que desde janeiro deste ano dispõe de uma linha específica para esse público com recursos do fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), os empreendedores podem obter empréstimos com juros de 6,75% ao ano.

De acordo com o banco, são financiados até R$ 15 mil por operação com prazo de pagamento em até 36 meses, incluindo carência de até 60 dias para pagamento da primeira parcela, além de bônus de adimplência de15% a 25%. Para acessar a esse crédito são exigidas garantias como avalista e alienação fiduciária.

Já o crédito do Banco do Brasil será operado com recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Essa linha de financiamento para o Empreendedor Individual foi aprovada em 25 de março passado em reunião do Conselho Deliberativo do Fundo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/FCO).

Conforme o assessor da diretoria de governo do BB, Hélder Alberto Castro, a entrada desse crédito em operação aguarda apenas a publicação, no Diário Oficial da União, de resolução criando a linha de financiamento por parte do Ministério da Integração Nacional - responsável pelos recursos do FCO.

Conforme explicou, esse fundo financiará máquinas e equipamento, como computadores e máquinas de costura. Serão financiados até 100% do valor do item a ser investido. Também haverá financiamento para capital de giro associado de até 100% do valor financiado pelo FCO, além de aquisição de insumos, matéria prima e formação de estoques para vendas.

Os juros serão de 6,75% ao ano, com prazo de até 36 meses, incluindo carência de até três meses para o primeiro pagamento, tanto em relação aos recursos para investimento quanto para o capital de giro associado. Para aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques, o prazo de pagamento será de 18 meses. Para acesso aos financiamentos, será preciso avalista ou fiador com renda comprovada.

O Banco da Amazônia também prevê para abril o lançamento de linha de crédito para investimento com recursos do Fundo Constitucional do Norte (FNO).

Fonte: ASN

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (8)

-
ola e muito importante o sebrae espor estes programa de imprestio porque se voce chega no banco sem informaçaõ eles naõ te atende neste prano de juro
-
Ola bancos e financiamentos_Espero receber de voces as taxas minimas e carencias no minimo 18 a 24 meses aquele que governo para micros empreendendores para comprar caminhao para o transportes e para giros de materias primas._que nao seja propagana enganosa.Obrigado fico muito grato.
-
gostei muito quais bancos que fornecem essas linhas?
-
Os recursos que tenhoconseguidoaqui no Pr estão em torno de 12 a 15% aa, e para capital de giro é praticamente inexistente. Os juros da notícia acima me parecem ser apenas para as regiões Cnetro Oeste, NOrte e Nordeste, pois são os fundos especiais para estas regiões que estão disponibilizando os recursos. Parece que os demais empreendedores do Brasil não precisam de incentivos maiores.
-
Rogério, Achei interessante, porém o juro é alto. bjs Dorotéia
-
Rogério, Achei interessante, porém o juro é alto. bjs Dorotéia
-
BANCOS NÃO ESTÃO NECESSARIAMENTE ATENDENDO AOS MICROEMPREENDEDOR CONFORME INFORMAÇÕES DO SEBRAE
-
Este é um tema que nós do Sebrae temos que discutir ampla e pontualmente. Como atendemos o Banco do Brasil enquanto parceiro e nossos clientes, o que mais ouvimos de ambas a partes é o seguinte. O Banco por sua vez diz que tem muito crédito e barato mas que o empresário nem sempre está preparado para captá-lo. Já o empresário por sua vez diz que os financiamentos são caros e muitas das vezes inacessíveis. Acho que podemos enquanto Agência de desenvolvimento diminuir este abismo. Aqui em Umuarama temos a solução em parceria com o Banco do Brasil

Boletins especiais