Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Como funciona o setor de financiamento coletivo no Brasil? Descubra agora!

Edição: 06/2017


A pesquisa Retrato do Financiamento Coletivo no Brasil revelou aspectos importantes do mercado nacional de crowdfunding. Realizado pelo Catarse em parceria com a Chorus, o estudo se baseou no mapeamento de quatro pontos:

Conhecer o perfil das empresas de crowdfunding do país.

- Analisar o cenário atual do financiamento coletivo no Brasil.
- Compreender comportamento e motivações das pessoas que apoiam projetos desse tipo.
- Apresentar como trabalham os realizadores desses projetos.

Para o desenvolvimento da pesquisa, foram entrevistadas 3.336 pessoas no período de agosto a setembro de 2013. Os participantes faziam parte da base de usuários da plataforma Catarse, composta de assinantes da newsletter do site e de seguidores de suas redes sociais.

Os resultados, obtidos por meio de uma pesquisa qualitativa e quantitativa, foram apresentados em quatro blocos, a saber, perfil, financiamento, rede e realizadores. Confira a seguir cada um deles.

Perfil

Esta etapa da pesquisa procurou entender o comportamento das pessoas que participam de projetos de financiamento coletivo no Brasil. Constatou-se que os projetos de crowdfunding já mobilizaram pessoas de todos os estados brasileiros.

No entanto, a maioria das pessoas está concentrada no Sudeste, que abrange 63% dos participantes de crowdfunding entrevistados. Em seguida estão participantes das regiões Sul (20%) e Nordeste (9%).



Em relação ao gênero, a maioria dos participantes é do sexo masculino, representando quase 60% do público. Além disso, a parcela de 25 a 30 anos da população e pessoas com mais escolaridade são as mais engajadas.

Outro dado relevante é a constatação de que 64% das pessoas que fazem o financiamento coletivo acontecer no Brasil ganham até R$ 6 mil por mês.

Entre os empreendedores entrevistados, 32% haviam aberto seu negócio há no máximo três anos e 23% há mais de 10 anos. A pesquisa constatou que 68% dos empreendedores entrevistados enxergam potencial de financiamento coletivo em seus negócios e que 81% dos estudantes entrevistados estão interessados em empreender projetos próprios após se formarem.

É importante notar também que o público é bastante ativo no consumo pela internet e está disposto a pagar mais caro por um produto que faça um bom trabalho socioambiental.

Financiamento



Neste ponto, o objetivo da pesquisa era descobrir qual é o entendimento dos brasileiros a respeito do assunto e como eles têm utilizado o crowdfunding.

Assim, constatou-se que 45% dos entrevistados conhecem o conceito de financiamento coletivo há mais de dois anos e que o ligam a um novo modelo de economia. Além disso, 54% já apoiaram de dois a cinco projetos.

Os projetos que os entrevistados mais têm interesse em apoiar se dividem em:

- Projetos artísticos e culturais de forma independente.
- Iniciativas com viés social e/ou ambiental, que fortaleçam comunidades de forma responsável e solidária.
- Projetos com viés empreendedor, que viabilizem novas empresas, produtos e iniciativas.

Rede

A pesquisa também quis saber o que deve ser feito para expandir o mercado de financiamento coletivo no Brasil.

A ideia era saber como se configuram os círculos de influência de uma campanha de crowdfunding e como um projeto atinge diferentes estratos sociais.

Constatou-se que o círculo de influência ocorre em função de três esferas de apoio:



- Ignição de projetos: compreende amigos e parentes que estão dispostos a ajudar um projeto. São esses os apoiadores mais valiosos, responsáveis pela ignição de um projeto e pelo estímulo psicológico inicial da campanha. Tudo fica mais difícil sem eles, pois representam de 55% a 80% dos recursos que serão captados por um realizador.

- Realização de projetos: este círculo é composto por pessoas que receberam recomendações sobre um projeto da rede de influências de seus conhecidos diretos e parentes.

  O mais importante aqui é a comunicação sobre o projeto: quanto mais distantes as pessoas estão de um acesso direto ao realizador, mais necessidade sentem de assegurar a credibilidade da iniciativa proposta. A dica é se comunicar bem e ser transparente sobre os objetivos da proposta.

- Interesse público: trata-se do momento em que um projeto ultrapassa os outros círculos por trabalhar temáticas que são de interesse público, por gerar comoção ou por fazer boas campanhas a ponto de expandir a rede de influência do projeto a totais desconhecidos.

Muitos participantes sugeriram que campanhas de publicidade são um ótimo caminho para divulgar o modelo do financiamento coletivo.

No entanto, a própria lógica de recomendação da plataforma favorece que projetos com apelo popular espalhem aos quatro ventos a novidade do financiamento coletivo e tragam mais apoiadores, que passam a circular na plataforma. Isso influencia no apoio a vários outros projetos.

Realizadores



Entre as pessoas que mais realizam projetos de financiamento coletivo no Brasil, estão as que têm de 25 a 30 anos (37%) e as com idade de 31 a 40 anos (28%).

Outro ponto importante levantado pela pesquisa é que 32% dos realizadores do crowdfunding são empreendedores/donos de empresa. Além disso, para eles os projetos se tornam bem-sucedidos quando há uma boa estratégia de divulgação ou uma forte relevância social, que pode contar inclusive com apoio de amigos e familiares.

Ainda assim, os entrevistados complementaram que transparência, qualidade e recompensa são os fatores que importam na hora de decidir apoiar ou não uma campanha.

Saiba mais

- Entrevista com Dorly Neto e Diego Reeberg, das plataformas Benfeitoria e Catarse
- Iniciativas de financiamento coletivo e seus processos operacionais
- Cartilhas de capital empreendedor: equity crowdfunding, modalidade que apresenta outra forma de recompensa aos apoiadores

Acesse e leia a pesquisa completa

Fonte: www.sebrae.com.br

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (6)

-
(43) Estou buscando informações de financiamento coletivo para a construção de habitação popular, é possível ter a participação de capital estrangeiro ?
-
(43) Estou buscando informações de financiamento coletivo para a construção de habitação popular, é possível ter a participação de capital estrangeiro ?
-
(43) Estou buscando informações de financiamento coletivo para a construção de habitação popular, é possível ter a participação de capital estrangeiro ?
-
(44) gostei muito
-
(44) gostei muito
-
(44) gostei muito

Boletins especiais