Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


A crise bateu na porta e agora? Saiba o que fazer

Edição: 06/2017

Em tempos de crise como a que o país enfrenta hoje, qualquer mercado se torna muito mais competitivo. Com isso, as equipes de vendas ficam pressionadas a vender para quem não tem dinheiro para comprar. Essa matemática nunca resulta em algo bom. Geralmente, o que temos são esforços sem resultados.

É preciso persistência. As metas continuam agressivas. Muitas vezes, ainda maiores. A redução de custos e de pessoas fazem com que o trabalho se torne muito mais complicado. Logo, as dificuldades aumentam.



Para se ter uma ideia dos números da crise, o faturamento real médio das companhias caiu 7% no primeiro semestre de 2015, no início da crise, e a ociosidade cresceu nas linhas de produção. Para ajustar a oferta à demanda, as horas trabalhadas caíram em média 8,6% de janeiro a junho daquele ano, levando a um efeito cascata que atingiu todos os setores.

Como isso afeta você?

Como cai a produção, cai também a força necessária nas equipes de venda, que fazem os produtos produzidos escoarem para o mercado. Logo, o vendedor sente na pele o reflexo direto da redução da produção.

Fica mais difícil convencer seu público a gastar dinheiro em momentos onde a economia não vai bem. Percebendo a crise, as empresas iniciam um processo de contenção de custos, e esse corte de custo pode ser feito exatamente onde o seu produto ou serviço se encaixa.

“Como cai a produção, cai também a força necessária nas equipes de venda, que fazem esses produtos escoarem”

Espirito positivo

Trazer a equipe para um espírito de trabalho positivo é um desafio constante, principalmente em tempos de crise. É aqui que o gestor de vendas tem importância máxima durante este período.

Sua equipe precisa estar satisfeita com o trabalho, mesmo com metas não alcançadas. É também preciso lembrar que as comissões passam cada vez mais longe do bolso dos vendedores, tornando-se mais um obstáculo no trabalho de motivá-los.

É hora de pensar em formas de incentivá-los, sem envolver dinheiro. Sim, isso é possível. Construa um discurso atraente, lidere sua equipe para enxergar o lado positivo. Daremos dicas para isso, a seguir.

Para diminuir o impacto da crise, um gestor de vendas deve posicionar-se como líder, fazendo com que o time fique unido e junto a ele nos momentos de dificuldade.

6 dicas para vencer a crise

Nem tudo na crise, é negativo. Aproveite o momento para rever sua situação no mercado.

1- Aproveite o momento de crise para fazer um balanço junto à equipe. Veja como está o desempenho, o que está dando certo e o que pode ser descartado. Transforme sua fala em documentos e relatórios que possam ajudar a equipe a visualizar os pontos fortes e fracos do processo de trabalho.

2- Mantenha sempre uma atitude positiva. Se você, como gestor, deixar a crise influenciar na sua produtividade, é provável que a equipe também siga o mesmo caminho. Sempre mantenha o ambiente de trabalho agradável.

3- Encarar a situação e não postergar possíveis soluções com medo de não encontrá-las. Este é um comportamento importante para o gestor de vendas em tempos de crise. É mais fácil desistir do que enfrentar um possível fracasso. Vários gestores erram neste momento.

4- Agir com velocidade para conseguir se destacar dos concorrentes no mercado é algo imprescindível para conseguir vender mais e sair da crise mais rápido. São em momentos como esse que a criatividade e a inovação são os melhores aliados de um gerente de vendas. Esses dois fatores podem ajudar – e muito – a driblar a crise.

5- Fazer uso de mídias digitais que precisam de um baixo investimento. Se usadas da maneira correta, podem trazer resultados incríveis. Esta é uma maneira de sair da zona de conforto e fazer as coisas de uma maneira diferente.

6- Fidelize os clientes que seu time já possui na carteira. Faça com que eles tenham experiências incríveis com o seu produto ou serviço, e com isso, voltem a comprar de você mais vezes. O boca a boca também é muito importante. Faça um trabalho tão bom, que eles queiram espalhar a notícia para seus parentes e amigos.

Conclusão

Essas são as dicas que nós juntamos para ajudar você a enxergar o lado positivo da crise. O mais importante para um gestor de vendas em tempos difíceis, é acreditar que é possível sair com o menor prejuízo possível dela.

É importante acreditar na empresa, no produto ou serviço, e principalmente na sua equipe. Acredite em sua habilidade de liderança. Esses fatores farão toda a diferença quando você avaliar quais os aprendizados a crise deixou para você e a para a sua equipe.

Fonte: www.wmw.com.br

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais