Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Você sabe quanto vale uma curtida no Facebook?

Edição: 08/2017



Qual é o valor real de uma “Curtida” no Facebook? Entenda a importância do botão “curtir” nas relações online.


Dar e receber feedback é uma parte fundamental da experiência das pessoas nas redes sociais. As “curtidas”, num aspecto geral, servem como ferramentas para a manutenção de relacionamentos entre as pessoas e cumprem o papel de indicadores sociais de aceitação e estima. Além disso, podem adquirir diferentes significados para pessoas diferentes em cada contexto. É a opção curtir que garante a construção de vínculos para manter relações virtuais com os amigos e conhecidos.

Os comentários, compartilhamentos, ou seja, cada ação dentro dos círculos criados nas mídias sociais carrega um significado intrínseco específico, mas é o “curtir”, a interação mais simples, que traz as interpretações mais diversas e nos fazem ter uma leitura mais dinâmica de feedback.

Apesar de ser percebido pela maioria das pessoas como um capital social de menor valor, o “curtir” reflete a justificativa para muitas pessoas estarem constantemente ativas no Facebook e nas redes sociais, que é a busca por aprovação, receber um indicativo de aceitação constante nos conteúdos e ações.

Por ser uma forma menos esforçada de comunicação do que comentários ou mensagens, o “curtir” é um sinal social que geralmente vêm para reduzir incertezas interpessoais, formar impressões e desenvolver afinidade. Pode ser um sinal de adequação ou aceitação social, pode significar apoio psicológico e empatia, ou simplesmente sinalizar que um amigo viu uma publicação.

Mas o quão importante é para as pessoas ter um número suficiente de “curtidas” e por que?

- 52,7% (mais da metade) dos participantes do estudo do Facebook confirmaram que a obtenção de um número suficiente de curtidas é importante para eles.
- 16% dos participantes concordaram com a afirmação: “Se o meu post não recebe curtidas suficientes, isso me faz sentir mal”. Embora a maioria dos entrevistados não se sente mal sobre não ter “curtidas” suficientes, em respostas abertas, as descobertas envolvendo as motivações das pessoas ao apertar o botão curtir foram curiosas.

As respostas incluíram quatro principais variáveis:

- Contrato social (Somos amigos e precisamos demonstrar que gostamos das mesmas coisas).
- Atenção (Estou realmente interessado no que meus amigos têm a dizer e em como se sentem em relação às coisas).
- Apoio (Quero parecer atencioso ou simplesmente ser solidário).
- Empatia (Me identifico ou me relaciono de alguma forma com o que foi publicado).

O que importa mais – O número de curtidas ou de quem viram essas “curtidas”?

Os participantes se mostraram mais preocupados em receber “Curtidas” de pessoas específicas, ao invés de uma determinada quantidade. De acordo com a pesquisa:

- 42,5% dos participantes disseram que se importam mais com quem são as pessoas que dão “curtidas” em suas postagens do que com o número de curtidas recebidas.
- 10,5 % disseram que o número era mais importante.
- 58,1 % concordaram com a afirmação que “Há certas pessoas de quem eu desejo receber “curtidas”, mais que de outras”.

O “curtir” é a ação online mais onipresente no mundo. O simples ato de comunicação, independente do conteúdo, já é capaz de passar uma mensagem simbólica que envolve o tempo e esforço que um amigo está disposto a se dedicar ao outro, às opiniões e mensagens alheias. O valor do “curtir” como interação está ligado ao seu simbolismo como indicador de aprovação, empatia e aos significados ocultos que o botão curtir carrega.

Quer saber mais sobre marketing para seu negócio? Nos demos algumas dicas muito básicas, se você tem uma ideia de negócio para montar e deseja receber orientações para viabilizá-la ou se você tem experiência em trabalhar por conta própria e gostaria de transformar o seu negócio em um empreendimento lucrativo, competitivo e sustentável, o Sebrae pode te ajudar!

O Sebrae
tem um projeto que se chama “ Começar Bem” que oferece um conjunto de soluções no formato de palestra, oficina, curso e outros recursos como cartilha, guia visual, aplicativo e vídeo para concretizar o seu sonho de montar um salão de beleza e transformá-lo em um empresário de sucesso!

Clique AQUI e conheça o projeto do Sebrae Começar Bem.

Fonte: Blog Sebrae/PR


Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (4)

-
(41) muito bom....
-
(41) muito bom....
-
(41) muito bom....
-
(41) muito bom....

Boletins especiais