Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


A hora certa de abrir uma nova unidade

Edição: 10/2011



Depois de alguns anos de operação, é comum os empreendedores pensarem em estratégias de expansão do negócio. Abrir uma filial é uma dessas ações. Muitos pensam em como e onde montar mais uma unidade da empresa e conquistar novos públicos e perfis de consumidores. Mas isso deve ser feito com calma e planejamento. Afinal, o sucesso da primeira loja não é capaz de garantir a rentabilidade da segunda unidade.
Para ajudar empreendedores a tomar a difícil decisão de expandir o seu ponto comercial ou de serviço, a revista Inc preparou uma lista com importantes tópicos que devem ser levados em conta.

1. O negócio atual deve funcionar perfeitamente

Antes de iniciar os planos de inaugurar um novo ponto comercial é preciso certificar-se de que a loja atual está em perfeita ordem e obtendo o sucesso almejado. Do contrário, será um erro investir em uma nova unidade. O projeto de expansão da rede deve conter um novo plano de negócio. Isso porque os fatores como público-alvo, funcionários e localização são diferentes. Mas é importante fazer também o cruzamento de dados para descobrir aqueles que são comuns aos dois espaços. Isso irá economizar tempo e investimento.

2. O fluxo de caixa deve ser capaz de conter todos os gastos

Evitar empréstimos bancários e o aporte de investidores anjo é importante para que o empreendedor tenha o controle dos gastos da expansão do negócio. Isso fará com que ele tenha certeza da real necessidade de uma nova unidade. O ideal é que o fluxo de caixa do negócio seja capaz de cobrir todos os gastos e investimentos da próxima unidade.

3. O ramo de mercado do negócio deve estar crescendo

Todo empreendedor tem a premissa de amar o que faz e o setor em que está investindo, mas isso não basta para inaugurar uma nova unidade. Para evitar erros é preciso ter certeza se há ou não uma tendência de mercado capaz de estimular o sucesso de uma nova unidade. Isso pode ser analisado por meio de pesquisas de mercado, dados de venda de concorrentes e perfil de consumo do público-alvo.

4. É preciso ter alguém de confiança para administrar o segundo ponto comercial

A abertura de uma nova unidade deve ser compreendida pelo empreendedor como a inauguração de um novo negócio. Ter a oportunidade de estar à frente desse novo projeto é essencial para que problemas sejam resolvidos com rapidez e para que o espaço funcione corretamente. Mas, como é impossível estar presente a todo instante nos dois locais, uma alternativa é colocar pessoas de confiança para realizar o gerenciamento de novos projetos. Essas pessoas devem ter o desejo de sucesso e compartilhar os mesmos sonhos que o empreendedor.

5. A escolha do local deve priorizar a necessidade da população

Abrir uma segunda unidade em um espaço onde já existam lojas da empresa concorrente será um grande desafio para o começo dos trabalhos. Caso o empreendedor opte por essa forma de expansão, é aconselhável que ele busque atrair novos clientes localizados ao redor do estabelecimento e também que traga consumidores antigos e fiéis para conhecerem o novo ponto comercial. Mas, para evitar a briga por espaço, o empreendedor deve optar por fazer a expansão por áreas ainda não descobertas pela concorrência. Isso fará com que a loja tenha espaço para crescer e cativar novos e diferentes fregueses.

E você, empreendedor, já pensou em qual será a estratégia para expandir os negócios?


Fonte: www.papodeempreendedor.com.br
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais