Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Perder, para ganhar

Edição: 03/2012

Jonah Berger e Devin Pope, da Booth School of Business, da Universidade de Chicago, analisaram os resultados de 5 mil equipes de vendas e 60 mil jogos de beisebol, futebol americano e basquete, assim como os concursos de datilografia (sim, isso existe).

Descobriram que, na maior parte das vezes, a equipe que estava perdendo por pouco levou a melhor no fim. “Times de futebol que chegaram à metade do jogo perdendo por 1 ponto conseguiram a vitória 8% mais vezes do que o time que chegou ao meio-tempo ganhando por 1 ponto”, escrevem os pesquisadores. Sua conclusão: se quer encorajar a equipe, diga que vocês estão perdendo por pouco.

Da mesma forma, a estrutura de bonificação nas empresas é equivocada. Ela premia o nº 1 e o nº 2, porém desestimula o profissional que está lá pelo 12º lugar. Ele ou ela ganharia uma injeção de ânimo se houvesse estímulo para competir pelo 8º lugar.

O mesmo vale para os relatórios de avaliação. “Não basta comparar o primeiro com o vice. Compare o centésimo com o 99º”, dizem Berger e Pope. Métricas fixas também podem ter efeito pernicioso. Dão desânimo a quem ficou para trás, preguiça para quem as bateu com facilidade.

Métricas flexíveis ajudam, concluem.

Fonte: epocanegocios.com.br

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (2)

-
Uma Excelente matéria que retrata uma grande realidade não só nas empresas como também nas propriedades rurais que as vezes o profissional que tem habilidades acaba desestimulado por superiores que não acreditam ou não investem no seu desempenho, ou por não terem mesmo humildade, sendo assim para analisar uma estratégia melhor para que ele possa realizar suas atividades com mais amor e respeito pelo ser humano. Um forte abraço muito obrigado.
-
Boa tarde, Luiz Ferando o SEBRAE/PR fica muito satisfeito em saber que nossas materias estão auxiliando o conhecimento de nossos cliente tanto profissionalmente como pessoalmente. Agradecemos o seu comentario. Tenha uma ótima tarde, Sucesso!
-
gostei muito as vezes a gente nunca quer perder mas muitas vezes sao nesserario para depois ganhar

Boletins especiais