Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Os três erros mais comuns dos empreendedores

Edição: 11/2012

Existem muitas listas indicando o que o empreendedor deve fazer para ter sucesso. Mas pode ser mais útil entender quais são as atitudes que levam uma empresa ao fracasso. Se você conseguir identificar quais são os fatores que estão limitando o crescimento do seu negócio, poderá tomar as providências necessárias para evitar o desastre. Segundo Karl Stark e Bill Stewart, fundadores da consultoria Avondale e colunistas da Inc, existem três fatores que impedem o empreendedor de construir uma empresa saudável:



1. Eles acreditam que a situação está fora do seu controle e por isso não tomam nenhuma atitude;

2. Eles não estabelecem metas para cada fase da sua jornada;

3. Eles não fazem reavaliações ao longo da trajetória.


Não importa quais sejam as dificuldades enfrentadas pela empresa, sempre há escolhas. Acreditar que a situação é imutável é um erro bastante comum. Nos negócios, sempre é possível mudar três coisas: a maneira como você se relaciona com os clientes; a maneira como você se relaciona com os funcionários; a maneira como você se relaciona com os seus objetivos. Nem sempre é possível transformar todas as três, mas sempre dá para mexer em pelo menos uma delas. Quando os sócios são capazes de ver os fatos com objetividade, podem enxergar as diferentes opções de conduta. Por exemplo, nem todos os ativos do negócio estão na folha de balanço: o comprometimento e a lealdade dos clientes, seu relacionamento com os fornecedores e a localização da empresa são vantagens que podem ser usadas a seu favor.

Somente quem estabelece metas pode saber se está no caminho certo. Um bom jeito de determinar objetivos é colocar no papel onde quer que a sua empresa esteja em cinco anos, com base em indicadores confiáveis. Depois, é preciso voltar no tempo e calcular quais são as conquistas que precisam ser feitas ao longo de um ano, dois anos, três anos… Dessa maneira, cada vez que realizar um desses objetivos, saberá que cumpriu mais uma importante etapa rumo ao sucesso.
Depois que os planos foram estabelecidos, é preciso dar sequência ao planejamento, fazendo reavaliações constantes das metas. Os empreendedores que não fazem esse balanço tendem a tomar decisões erradas. Talvez a sua estratégia não esteja funcionando. Ou talvez a empresa esteja indo bem, mas os funcionários estejam descontentes. Se uma dessas frases for verdade, é preciso sentar na mesa e repensar todo o plano.

Fonte
Exame PME

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (5)

-
A matéria está correta, o difícil é dar iniciativa, pior ainda se a Empresa já passa por sérias dificuldades.
-
Olá Ricardo, boa tarde!

Obrigado pelo comentário. Acesse o portal do SEBRAE/PR e tenha várias ideias e incentivos para melhorar o seu negócio. www.sebraepr.com.br

Obrigado e sucesso.
-
tenho minha firma aberta desde 1999 adoro todas as dicas que o sebraee da . ajuda muito para o meu conhecimento com o publico.
-
Olá Neudina, bom dia!
Obrigado pelo comentário. O SEBRAE/PR tem satisfação em auxiliar os nossos clientes visando sempre o sucesso!

Aproveite para testar o seu perfil empreendedor. Acesse: www.perfildoempreendedor.com.br

Obrigado e sucesso.
-
Estipular metas é da maior importancia, mas devemos estipular um plano de ações para alcançar as metas. Sem ação não temos resultado.
-
O detalhes mencionados acima são de suma importância para que o negócio funcione.
-
matéria ótima,porem dificuldades de realizar em pratica

Boletins especiais