Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Saiba como ensinar sua equipe a inovar

Edição: 07/2013

Na busca por inovação, muitas empresas costumam se perder em um labirinto de boas ideias sem nenhuma utilidade ao seu negócio. Quase sempre, o desafio é se concentrar no essencial. A conclusão é dos pesquisadores Paddy Miller e Thomas Wedell-Wedellsborg, do IESE Business School, autores do livro Innovation as usual: how to help your people to bring great ideas to life (algo como Inovação como de costume: como ajudar sua equipe a trazer boas ideias para o mundo real, inédito em português).




Trata-se de mais um estudo sobre inovação, um dos temas mais debatidos do mundo dos negócios. No caso de Miller e Wedell-Wedellsborg, ambos os professores da escola de negócios Iese, inovação consiste em algo muito simples: gerar resultados fazendo coisas novas. No entanto, isso não significa abraçar uma cultura diferente para reproduzir um modelo bem-sucedido. “Em vez disso, encontre uma forma de fazer a inovação acontecer como parte da cultura da empresa”, diz Wedell-Wedellsborg.

Na visão dos autores, os eventos anuais que promovem o tema da inovação por um ou dois dias não levam a lugar algum. Depois de falarem com entusiasmo sobre o assunto, a maioria das pessoas geralmente deixa o assunto de lado ao retomar suas funções na semana seguinte. “Você não vai encontrar boas ideias porque passou dois dias por ano na “Ilha do Brainstorm”, afirma Wedell-Wedellsborg.

Fazer a inovação estar presente nos demais 363 dias do ano não é uma tarefa simples, mas existe um caminho para que isso seja possível, dizem os autores. Uma parte importante desse trajeto é fazer com que a inovação integre todas as esferas da empresa, e não apenas os setores onde seu valor aparece de forma mais óbvia. Para que isso seja possível, Miller e Wedell-Wedellsborg recomendam que os líderes sejam arquitetos da inovação em departamentos como marketing, finanças, vendas e operações.

A seguir, uma lista com seis pontos que podem levar à inovação.
1) Limite a busca pela inovação às ideias importantes para o negócio;
2) Faça seu time se conectar a outros mundos. Os insights vêm de fora;
3) Desafie as pessoas a reformularem suas ideias iniciais;
4) Guie sua equipe para escolher as boas ideias e descartar as ruins;
5) Ajude seus funcionários a entender as normas da sua área;
6) Motive todos a continuar praticando os cinco pontos anteriores.

Fonte
Época Negócios
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Boletins especiais