Histórico

Mais votados

Cadastre-se

Preencha os campos abaixo para receber o Boletim do Empreendedor gratuitamente:


Investir em franquia e continuar no emprego é uma boa ideia?

Edição: 08/2013

Como todo investimento, esse negócio possui riscos e uma gestão profissionalizada pode ajudar a diminuí-los significativamente. Portanto, o papel do franqueado na condução do negócio é fundamental para o sucesso.

Em alguns casos, é possível investir em uma franquia e continuar trabalhando sem estar ligado diretamente à franquia. Primeiro tem que contar com o OK por parte do franqueador, que poderá exigir a operação do dia-a-dia a cargo desse franqueado ou algum substituto.



Esse alinhamento é fundamental para não haver transgressão das regras e padrões operacionais e de gestão do negócio, e assim manter o relacionamento de forma adequada.

Porém, a ausência de um dono do negócio tende a trazer mais impacto negativo do que positivo para a franquia, tendo em vista o engajamento desse investidor e a determinação para obter o retorno de investimento, por meio de resultados significativos.

Encarar a franquia como plano B é, de certa forma, complicado e vai na contramão do sistema de franchising, que preconiza um operador com a barriga no balcão e olhando e vivenciando a operação de maneira mais intensa.

Caso a decisão seja de manter outro gestor que não o franqueado investidor, recomenda-se que esse gestor tenha o perfil adequado exigido pela franqueadora e que participe de todos os treinamentos e requisitos determinados, buscando assim minimizar os efeitos da ausência do franqueado.

Mesmo assim, o franqueado não poderá abandonar o negócio, deverá monitorar constantemente os principais indicadores da franquia, traçar planos de ações de correção e participar, mesmo que à distância, mais efetivamente, por meio de qualidade das horas investidas na gestão e não da quantidade de tempo.

A principal reflexão que esse candidato deve exercitar é o seu objetivo com o investimento na franquia, quais as expectativas de retorno de investimento e o quanto de energia, tempo e dinheiro ele está disposto a focar nesse negócio, que como qualquer outro, sempre terá resultados diferenciados com a presença do dono, de fato.

Fonte
Revista Exame
 

Deixe seu comentário:









Digite este número...

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.



Os seu e-mail e o seu CPF não serão exibidos nos comentários. Eles serão guardados em nossa base para podermos atender você, cada vez melhor!

Comentários (1)

-
Comentário extremamente pertinente. Muito bem colocado.
-
Olá Antônio Carlos, bom dia!

Obrigada por comentar. Aproveite para conhecer os novos vídeos da coleção SEBRAE Pocket são mini aulas com dicas importantes para quem quer abrir ou já tem um empresa, acesse: bit.ly/135SnwK


Obrigada e boa sorte!


Boletins especiais